5 grandes efeitos da legalização

Legalização – 5 grandes efeitos

Algumas lições foram aprendidas após a legalização (medicinal ou social), em alguns estados americanos onde esse importante passo já foi conquistado. Dos 50 estados americanos, 30 já legalizaram o uso medicinal em algum nível e 9 legalizaram o uso recreativo social.

Conheça agora 5 grandes lições aprendidas após a legalização em estados americanos:

1) CRESCIMENTO ECONÔMICO

Primeiramente, um fato que não pode ser questionado é o volume de dinheiro movimentado pela indústria cannábica. A empresa de análise de dados, New Frontier>, disse que se a cannabis fosse legalizada federalmente, poderia gerar US$ 132 Bilhões de dólares na próxima década e geraria surpreendentemente, 782.000 empregos no mesmo período.

 

2) REDUÇÃO DE CONSUMO DE DROGAS PRESCRITAS

Em 2014 o JAMA (Journal of the American Medical Association), publicou um estudo que mostra um declínio de 25% nos índices de overdose de opioides nos estados onde já ocorreu a legalização.

 

3) REDUÇÃO NO CONSUMO DE ÁLCOOL

Pesquisadores analisaram o consumo de álcool em estados onde houve a legalização e encontraram uma redução média de 12.4% nas vendas mensais de bebidas alcóolicas. Por exemplo, o vinho foi o mais impactado com quedas de 16,4% em suas vendas.

 

4) REFORMA DA JUSTIÇA CRIMINAL

O percentual de prisões relacionadas ao consumo de maconha caiu 56% após um ano de legalização na Califórnia. Pesquisas comprovam que departamentos de polícia foram muito mais eficientes no combate a crimes graves. Mas a principal mudança na reforma das leis, é a segunda chance que usuários condenados recebem da lei onde a maconha é legalizada. Eles podem conseguir sobretudo, empregos, moradia, votar e viver suas vidas normalmente.

 

5) O FIM DO ESTIGMA

Aquele olhar atravessado que as pessoas dão quando vêem alguém consumindo cannabis é muito incômodo. Por que ser criticado quando o ato em si representa apenas sua liberdade de escolha e suas crenças? Isso também vem mudando em estados onde a legalização aconteceu, em 1969 apenas 12% dos americanos apoiavam a legalização, em 2017 esse número subiu para 64%, segundo o instituto Gallup.

 

A experiência clínica e as histórias de indivíduos que se beneficiaram de alguma forma com a legalização medicinal da cannabis, certamente gerarão debates cada vez mais esclarecedores. Que poderão trilhar o caminho para a legalização da maconha de maneira mais ampla. E nós estaremos aqui com vocês para celebrar até perdermos vocês na fumaça branca!

Banzai!

Shoulder Bag de Cânhamo do Dr. Banz

X
Add to cart