Dr Banz - Pipe de 2500 anos sugere que chineses chapavam em funerais

Pipe de 2500 anos sugere que chineses chapavam em funerais

Salve Banzers!
Quem curte uma bela e pesada session?
Jamais abriríamos mão de uma pipe sesh rolando entre amigos, certo? Mas os chineses da antiguidade não eram muito diferentes. Um grupo de pesquisadores da Academia Chinesa de Ciências encontraram um dispositivo de madeira feito para fumar. De fato, mais parecido com um braseiro criado para se fumar em grupo.

Obviamente quando falamos de pipe, pensamos num cachimbo pequeno, certo? O braseiro chinês não era pequeno, mas era definitivamente usado para uma sesh pesada em funerais. A pesquisa liderada pelo arqueologista Meng Ren foi publicada no Journal of Science Advances e demonstra, após análises laboratoriais, resíduos botânicos queimados encontrados no cemitério Jirzankal, na China, indicando que braseiros de madeira foram utilizados em funerais para queimar maconha.

“Isso sugere que a cannabis foi fumada como parte de um ritual ou atividade religiosa no oeste da China há quase 2500 anos”.

Shoulder Bag Hemp Dr Banz

De fato, foram encontrados 10 braseiros de madeira nesse local, que se pareciam com um pipe imenso de madeira. Ele continha uma cavidade circular profunda no corpo. Pequenas pedras do tamanho de nozes eram aquecidas num fogo próximo e colocadas no fundo do braseiro com a maconha por cima.

Tanto o fundo do super pipe e as pedras utilizadas possuíam resíduos de CBN encrustados. Análises laboratoriais revelaram a assinatura química do CBN em todos os artefatos queimados encontrados no local (o CBN é o metabólito oxidativo residual deixado pelo THC após a combustão).

Enfim, talvez tenha sido esse o ritual que aliviava a dor da perda de alguém querido. E simultaneamente celebrava a vida dos que haviam partido. Colocando pedras quentes dentro de um pipe de madeira e um pouco de maconha por cima para animar a festa!

Sábios chineses…

Fonte

Add to cart