Dr Banz - China, 5.000 anos produzindo tecido HEMP

China, 5.000 anos produzindo tecido HEMP

Salve BANZers interessados no hemp da China!!!

A China possui mercados monstruosos para tudo e certamente não seria diferente no segmento cannábico. Que “desde sempre” cultiva o cânhamo com foco medicinal. Dentre diversos produtos, muitos chineses consomem de fato o óleo de semente de HEMP diariamente.

Atualmente grande parte da produção de Hemp/Cânhamo na China tem foco no mercado têxtil. Uma história que tem pelo menos 5.000 anos de registro! Consequentemente, o país conta com uma infraestrutura completa para a produção de vestuário e tecidos de cânhamo. O que permite a indústria chinesa competir com alto nível de qualidade e preço.

COM A MAIOR POPULAÇÃO DO MUNDO E A SEGUNDA MAIOR ECONOMIA, A CHINA REPRESENTA UM MERCADO CANNÁBICO ESTIMADO EM U$41.5 BILHÕES DE DÓLARES JÁ PARA 2020!

Mas nem tudo é luz verde no mercado cannábico chinês. Como o cânhamo possui traços de THC, o cultivo é restrito e controlado pelo governo. Até o comércio de óleo de semente de HEMP é proibido entre províncias (estados). A província mais desenvolvida no cultivo do cânhamo é a de Yunnan, que também é a única região da China autorizada a produzir o CBD e abriga 4 grandes empresas, que vendem sua produção ao mercado cosmético europeu.

Mas o que desperta a fome no grande dragão chinês é o movimento de grandes empresas locais aportando investimentos fora do país. Caso da Guilin Lain Corp, uma renomada empresa chinesa que anunciou o investimento de U$60 milhões de dólares numa estrutura de extração de CBD nos Estados Unidos em 2020. Já contam com o apoio e assistência de cultivadores americanos e instituições acadêmicas de pesquisa.

Enquanto o mercado chinês de produção de HEMP está projetando ganhos de U$41 bilhões de dólares para o próximo ano, por aqui temos “terraplanismo” e ignorância a dar com pau.

Estudar,
Entender,
Explicar e
Normalizar.

BANZai!

Fontes:1 e 2

Shoulder Bag de Cânhamo do Dr. Banz

X
Add to cart