Dr Banz - Ganja x Bolor

Ganja x Bolor

Salve Banzers !!!

E quando você está com a luzinha da reserva acesa, nas finalera, modo economia ON e acha aquela cotinha salvadora da pátria, mas quando abre o pacotinho…PÁ !!!

Embolorada.

E agora, manos e manas?

Quem nunca passou por isso, pode crer que um dia vai passar, mas e aí, o que precisamos saber?

O bolor nada mais é do que uma infestação por fungos filamentosos (que não formam cogumelos), um problema comum porque surge em ambientes úmidos e escuros pela propagação de esporos que podem chegar por infinitos caminhos.

Infelizmente, bolor não é uma coisa boa para se inalar, não importa o quão na seca você esteja. Beleza, galera?

Inalar matéria embolorada pode representar sérios riscos aos pulmões, aumentando as chances de tosse, correndo risco de desenvolver uma infecção pulmonar.

Se você é alérgico a bolor e mofo, o resultado de um banza embolorado é congestão nasal, espirros e inflamação pulmonar.

Às vezes, identificar bolor na ganja não é tão simples como em alimentos, por exemplo.

Normalmente aparece em tons de cinza ou uma cobertura esbranquiçada, que alguns podem confundir com tricomas, mas olhando de perto pode-se perceber quase uma penugem, meio aveludado às vezes.

Para tirar a dúvida, melhor dar uma cheirada, porque o bolor tem um cheiro desagradável característico, totalmente distinto do perfume da m4conha.

Se esse for o diagnóstico, na boa?
Dispensa para evitar problemas de saúde.

Falamos tanto de redução de danos, da importância em resfriar a fumaça, de partir para outros métodos de consumo como a vaporização por exemplo… seria contraditório demais fazer tudo isso e depois mandar uma mofonha.

Saúde sempre! : )

Agora, no intuito de somar, conta para gente, qual a melhor forma de armazenar sua ganja para não ter problemas como esse?

BANZ-ai!

Eco Shoulder Bag
Compre sua Eco Shoulder Bag

Fonte

X
Add to cart