Dr Banz - Narcos Mexico

A série Narcos: México retrata as origens do narcotráfico mexicano

Arriba, Banzers!

Quem ja assistiu na Netflix? Depois do sucesso das 3 temporadas de Narcos sobre os cartéis colombianos de cocaína, a história foi para o México, mostrando a ascensão do Cartel de Guadalajara nos anos 80, quando Miguel Angel Félix Gallardo (Diego Luna) assume o comando e une os traficantes numa estrutura organizada, construindo de fato um verdadeiro império, e consequentemente um violento negócio que transformou o país até os dias de hoje.

Mas por que estamos falando disso?

Porque tudo começou com a m4conha!

Na primeira temporada conhecemos as plantações de Rafael Caro Quintero, que cuidava do plantio e colheita da strain “sensimilla” e que junto com Miguel Angel Félix Gallardo e Ernesto “Don Neto” Carrillo, foram responsáveis pela primeira organização de produção e tráfico em larga escala de m4conha do México para os Estados Unidos.

Rafa Quintero idealizou uma maneira de industrializar o cultivo de m4conha no deserto! Mais de 10 mil empregados trabalhavam na plantação em Chihuahua, no norte do México, num rancho chamado “El Búfalo”.

Uma vez criado esse “sindicato” da m4conha de Guadalajara, a ambição de Félix Gallardo fez com que expandissem seus negócios com a cocaína, fazendo acordos com Pablo Escobar (Cartel de Medellín) e Pacho Herrera (Cartel de Cali) para transportar o pozinho branco da Colômbia para os EUA através do México.

Mas isso começou a chamar a atenção da DEA (Agência Antidrogas dos EUA).

A Procuradoria da Justiça Federal do México, em colaboração com a DEA, lançaram uma operação que levou ao desmantelamento da produção de El Búfalo. Certamente, um dos maiores golpes sofridos pelo Cartel de Guadalajara, que abrigava mais de 13 mil toneladas de maconha, o que teria provocado um prejuízo de US$ 8 milhões ao cartel.

Em resposta, Quintero sequestrou e assassinou Kiki Camarena (agente da DEA), um dos responsáveis pela operação de inteligência que derrubou o rancho. Mas esse foi o grande erro de Quintero, que culminou na sua prisão e de Don Neto.

Félix Gallardo, com “proteção” política, continuou seu império, mas depois foi traído pelos chefes dos outros cartéis mexicanos e pegou 37 anos de prisão, onde está até hoje.

Já que não se trata de um documentário, alguns acontecimentos não são retratados exatamente como ocorreram na vida real. No entanto, vários momentos abordados na série são peças-chave para entender o mundo do narcotráfico e a situação do México hoje.

De 1988 a 2018, cerca de 475 mil pessoas morreram assassinadas no país, a grande maioria relacionadas às atividades do narcotráfico.

Ou seja, uma série interessante, que além de mostrar a operação e violência dos cartéis, mostra também a influência da POLÍTICA e do PODER no tráfico de drogas.

Quer maratonar?

(2015) Narcos – Temporada 01 
(2016) Narcos – Temporada 02 
(2017) Narcos – Temporada 03 
(2018) Narcos: México – Temporada 01 
(2020) Narcos: México – Temporada 02
(2021 – A confirmar) Narcos: México – Temporada 03 

BANZ-ai !!!

Eco Shoulder Bag
Eco Shoulder Bag
Dr Banz - Hemp for Victory

HEMP para VITÓRIA!

Salve Banzers da Vitória!

Em 1942, o governo americano – que negou por inúmeras vezes a autoria dessa obra de arte – lançou um filme chamado HEMP FOR VICTORY, para incentivar fazendeiros e agricultores a plantar cânhamo para fins industriais.

Nesse vídeo em preto & branco (em nossa opinião tem todo um charme por isso), filmado durante a Segunda Guerra Mundial, demonstrava e ensinava sobre as múltiplas aplicações do cânhamo em tempos de guerra!

Vale lembrar que durante o período da guerra, muitas outras fontes de matéria prima eram importadas e estavam escassas.

O filme mostra a história do cânhamo e produtos derivados, formas de cultivo e como processar a matéria prima para produção de cordas, tecidos e cordame para a Marinha.

Antes de 1989, o filme era praticamente desconhecido. O Governo Americano, a Secretaria de Agricultura e até a Biblioteca Nacional, negaram até o final que qualquer filme “desse tipo” tivesse sido produzido.

Dr Banz - Hemp for Victory

Mas maconheiro é um povo resiliente, aguenta inverdades, hipocrisia e safadeza política há muito tempo!

E num belo dia de maio de 1989, os ativistas Maria Farrow, Carl Packard e o famoso Jack Herer, encontraram duas cópias em VHS para desmascarar a mentira escrota do governo americano!

Em 1990, John Birrenbach, fundador do Institute for Hemp resgatou uma cópia do Arquivo Nacional. Tratava-se de um filme em duas partes (6´46” + 7´16”), totalizando aproximadamente 15 minutos de filme que detalhou o cultivo de cannabis para produção de fibras.

Tratou-se de uma grande vitória para o ativismo, pois foi o primeiro resgate de filme diretamente de uma fonte do governo!

Oficialmente, hoje temos que o filme foi de fato produzido pelo Departamento de Agricultura Americano e contém cenas do filme mudo de 1926, Old Ironsides.

Hoje o filme HEMP for VICTORY é de domínio público e pode ser baixado gratuitamente.

Vitória do ativismo cannábico que nunca baixou e nunca vai baixar a guarda na luta pela legalização!

BANZai !!!

Eco Shoulder Bag
Eco Shoulder Bag
Dr Banz - Hollyweed Banzers Mike Tyson

Hollyweed Banzers: Mike Tyson

  • Dr Banz - Hollyweed Banzers Mike Tyson

Salve Banzers!

Após um intervalo na seção Hollyweed Banzers (para lançarmos a nossa coleção de camisetas Stoned T-Shirts), voltamos para falar de uma lenda viva do esporte. Ele já atuou em muitos filmes de Hollywood e agora está se tornando um ícone da indústria cannábica!

Ladies & Gentleman!
On the green corner…
Medindo 1,78m…
Pesando 109 kg…
O ex-campeão Mundial da Federação Internacional de Boxe e da Associação Mundial de Boxe…
“IRON” MIKE TYSON!

Após uma infância conturbada, onde flertou com a vida criminal desde cedo, Tyson iniciou-se no pugilismo aos 11 anos de idade quando foi internado num reformatório para jovens delinquentes. Aos 12 anos pesava mais de 80 kg, com musculatura bem avantajada para um garoto, aos 15 já era um peso pesado veloz e nocauteador, aos 18, nem mesmo seu treinador ficava de pé durante os treinamentos. Como resultado, aos 20 anos, tornou-se campeão mundial, o mais jovem peso pesado a conquistar o título!

Mas quando completou 30 anos, já era possível perceber que precocemente também estava perdendo vigor físico e sua carreira devastadora de nocautes e títulos mundiais infelizmente chegava ao fim. Mas ele revidou, seguiu batalhando depois de muitos percalços na vida. E agora ressurgiu se tornando um grande empreendedor do cannabusiness!

Mike Tyson e dois sócios (Robert Hickman e Jay Strommen) planejam construir o Tyson Ranch. Será um resort que contará com escola para o plantio da cannabis, com orientações de profissionais do rancho, laboratório de extrações, além de loja de equipamentos e suprimentos para cultivo. Localizado na cidade de California City, no meio do deserto de Mojave, ele terá espaço de acampamento premium e cabanas para hóspedes, anfiteatro para música ao vivo e uma fábrica de edibles (produtos comestíveis de maconha)!

Esse é o tipo de negócios que a legalização traz e de fato impulsiona a economia local. Quer seja através do turismo, quer seja através do consumo tributado da erva. Com padrões de produção e industrialização, multiplicação de conhecimento e principalmente o respeito ao cidadão! Agora quero ver visitar o Tyson Ranch, não pagar a conta e ter que se acertar com o gerente!

Banzai, Mike Tyson !!!

Fonte: https://theblast.com/mike-tyson-marijuana-cannabis-tyson-ranch/

Shoulder Bag de Cânhamo do Dr. Banz

Post 68 - Planet Hemp

Planet Hemp – Adivinha Doutor quem está de volta na praça?

Salve querida esquadrilha da fumaça!

O Planet Hemp definitivamente está de volta na praça!

Filme, livro, 25 anos, tour, entrevistas….de fato, nunca vimos tanto do Planet como nos últimos meses.
Os 25 anos de carreira certamente celebram a história do Planet Hemp de maneira verdadeira, sincera e pagam tributo a banda mais “True Cannabic Lifestyle” do mundo!

Porque ser Cypress Hill nos EUA é uma coisa (jamais desmerecendo!), mas ser Planet Hempah no Brasil é outro rolê!
O filme “Legalize Já – A amizade nunca morre”, estreou em diversas salas espalhadas pelo país no dia 18/out e conta os primeiros passos da banda nos idos de 93, dirigido por Johnny Araújo e Gustavo Bonafé, com gratas interpretações de Renato Góes e Ícaro Silva que tiveram uma química realmente muito boa para interpretar Marcelo D2 e Skunk.

Em Dez/18 será lançado oficialmente o livro “Planet Hemp: Mantenha o Respeito”. Do escritor Pedro de Luna, traz curiosidades e histórias inusitadas da banda ao longo desses 25 anos de história.

Enquanto o filme enfoca a amizade entre Skunk e D2, o livro mostra que o papel da banda era realmente de vanguarda no debate sobre a legalização da maconha. E também sobre a liberdade de expressão e protesto ao momento político do Brasil.

Tudo isso através do relato de histórias que o autor coletou através de pesquisas e entrevistas com todos os integrantes que passaram pela banda.

Além disso a tour do Planet Hemp anda disputada e fãs andam lotando as apresentações como forma de homenagem aos 25 anos de estrada!

Recentemente um show antológico na Fundição Progresso/ RJ, com lotação máxima. Bombou na net, (logo após as eleições) quando na abertura anunciou a “Sai o Vampiro, entra o Demônio!”.

Agenda Planet Hemp

Então meus amigos, não percam a oportunidade de prestar sua homenagem aos 25 anos da banda.
Banda que inegavelmente mais lutou, defendeu, divulgou, abraçou e aguentou as broncas do lifestyle cannábico.
E se liguem na agenda de shows do Planet Hempah!!!!!!!

  • 24/ Nov – Festival Afro System/ Club Aramaçan, Santo André/ SP
  • 01/ Dez – Festival Rock the Mountain/ Estrada União e Indústria, Itaipava/ RJ
  • 08/ Dez – A.A. Portuários, Santos/ SP

Banzai!

Shoulder Bag de Cânhamo do Dr. Banz

Hollyweed Banzers - Arnold Schwarzenegger

Hollyweed Banzers: Arnold Schwarzenegger

  • Hollyweed Banzers - Arnold Schwarzenegger

Arnold Schwarzenegger no Hollyweed Banzers dessa semana!!!

Um dos maiores ícones do cinema de algumas gerações, não apenas um artista consagradíssimo bem como empresário de sucesso. Ele também se enveredou para a política e foi governador da California, ficando conhecido nesse período como “The Governator”.

Nascido no dia 30 de julho de 1947, na cidade de Gras, na Áustria, iniciou sua vida pública como fisiculturista, aos 20 anos conquistou o título de Mr. Universo. Sim! Estamos falando do Senhor Frio, do Último Grande Herói, do Conan (O Bárbaro!), o magnífico Terminator, Arnold Alois Schwarzenegger!

Seja como for, Schwarzenegger deu uma declaração pró-cannabis que se não foi a melhor vinda de um artista, definitivamente está entre elas.

“Eu não usei drogas, maconha não é droga, maconha é uma planta. Minha droga é puxar ferro”.

No documentário de 1977, “Pumping Iron” (ou “Puxando Ferro”, numa tradução livre), mostra uma cena de Schwarzenegger fumando um banza! Quando perguntado sobre, deu uma declaração certamente mais sincera que a do ex-presidente Bill Clinton, “Sim, eu fumei maconha e traguei! Mas era o que eu fazia nos anos 70, hoje não fumo mais”.

Mas se tratando do Governator, cabe aqui uma de suas frases mais célebres: “I´ll be back!”.

Confira aqui um trecho brisa de Pumping Iron:

Hasta la vista, banzers! Banzai!

Shoulder Bag de Cânhamo do Dr. Banz

Hollyweed Banzers - Brad Pitt

Hollyweed Banzers: Brad Pitt

  • Hollyweed Banzers - Brad Pitt
    Hollyweed Banzers - Brad Pitt

Salve !!! Na coluna Hollyweed Banzers sempre trazemos grandes estrelas do cinema que fazem parte da nossa grande família cannábica!

Brad Pitt

Nessa semana, falaremos de um ator multi premiado, idolatrado (não apenas por sua boa pinta, mas também por seu talento indiscutível) e que estrelou filmes “pesaaados” como o fantástico “Seven, os 7 Pecados Capitais” (Seven), a reunião de estrelas na trilogia “Onze Homens e um Segredo” (Ocean’s Eleven, Ocean’s Twelve, Ocean’s Thirteen), o magnífico “Tróia” (Troy), “O Curioso Caso de Benjamin Button” (The Curious Case of Benjamin Button), “Os 12 Macacos” (12 Monkeys), “Bastardos Inglórios” (Inglourious Basterds) e um dos favoritos da galera do Doctor Banz, que adora o malucaço Tyler Durden de “Clube da Luta” (Fight Club) dentre muitos e muitos outros!

Nascido na cidade de Shawnee no estado de Oklahoma, no dia 18 de dezembro de 1963. Um dos Hollyweed Banzers que mais destruiu corações de muitXs Banzers. Afinal, ele é um dos grandes atores de nossa geração, Brad Pitt!

Em 2016, um artigo da revista “Vulture” desvendou a relação dele com a cannabis. De acordo com a matéria, Pitt é um banzer convicto. Certamente, podemos dizer que Pitt e sua ex-esposa Angelina, terminaram seu relacionamento devido ao amor de Brad pela cannabis. Isso porque ela achou que isso estava criando uma atmosfera negativa para seus muitos filhos.

Aparentemente Pitt se declara um verdadeiro artista na arte de bolar um banza! E já disse que passou grande parte dos anos 90 se escondendo do lance celebridade para fumar muita maconha!

Em 2012, Brad Pitt mandou uma curtida no perfil do ex Presidente Barack Obama, sobretudo por seus esforços em trazer o debate sobre a cannabis para a berlinda. Seja como Tristan Ludlow, Rusty Ryan, Mickey O´neil, Tenente Aldo Raine, ou até mesmo Achiles, nós sempre acenderemos um banza em homenagem a Brad Pitt.

Banzai!

Shoulder Bag de Cânhamo do Dr. Banz

Hollyweed Banzers - Charlize Theron

Hollyweed Banzers: Charlize Theron

  • Hollyweed Banzers - Charlize Theron

Salve Banzers!!!!

Doctor Banz na área com a finalidade de falar sobre os artistas de Hollyweed que curtem fumar um banza!

Advogado do Diabo (The Devil´s Advocate) e Homens de Honra (Men of Honour) são filmes que estão no Top 10 melhores filmes de muita gente, certo? E quem não curtiu Uma Saída de Mestre (The Italian Job), Hancock, Doce Novembro (Sweet November) e Æon Flux?

A atriz que protagonizou esses filmes incríveis e marcantes é a primeira atriz sul africana a ganhar um Oscar. Nascida em 7 de agosto de 1975 em Benoni na África do Sul, apresento para vocês a hollyweed banzer, Charlize Theron! (não sabia que ela era sul africana!)

De acordo com uma entrevista ao canal E!News, a linda e talentosa Charlize falou sobre sua relação com a cannabis: “Eu acordava e banzava um todo dia. Mas comecei a fumar tarde e aos poucos fui descobrindo que preferia a brisa da maconha do que a do álcool ou de qualquer outra coisa.”

Charlize parou de fumar quando tinha 30 e tantos anos, quando passou a ter “menos brisa”, e justificou: “Minha química com a maconha era muito boa quando eu era mais jovem, mas quando cheguei aos meus 30, de repente ficou chato e tudo o que eu fazia depois de fumar era visitar a geladeira e para mim isso não era bom.”

Doctor Banz diz: Nunca diga nunca!

Hoje com 42 anos, disse: “Eu não teria muito problema em voltar a experimentar, hoje existem todas essas variedades e você consegue ser específico com o que precisa…. ando lendo sobre o assunto porque hoje sofro de muita insônia, sabe?”.

Bem-vinda ao admirável Mundo Novo da cannabis, Charlize! Banzai!

Shoulder Bag de Cânhamo do Dr. Banz

Hollyweed Banzers - Cameron Diaz

Hollyweed Banzers: Cameron Diaz

Salve Banzers, chegou a hora de falarmos da querida Cameron Diaz !!!

Vamos com mais um capítulo da nossa coluna sobre cinema com uma pitada banzística! Artistas que de alguma forma possuem uma relação (declarada ou não) com nossa querida ganja, aparecem semanalmente nos posts do Dr Banz causando admiração pelo engajamento (veja posts anteriores em nosso blog: Megan Fox, Jennifer Aniston) ou espanto (nem sabia que esse Mathew McCounaghey fumava!).  

Alguém aqui assistiu “As Panteras (Charlie´s Angels)”, “Quem vai ficar com Mary? (There´s Something About Mary)”, Vanilla Sky? Mas quem curtiu (na brisa ou não), “Medo e Delírio em Las Vegas (Fear and Loathing in Las Vegas)”, “Gangues de Nova York (Gangs of New York)” e “Quero ser John Malkovich (Being John Malkovich)”?

Cameron Diaz

De origem cubana do lado paterno, seus avós emigraram de Cuba para os Estados Unidos e eram descendentes de espanhóis. Do lado materno, ela é descendente de ingleses, alemães, holandeses e índios. Essa mistura de sangue, culturas, ritmos, sorrisos e amor à vida, fazem de Cameron Michelle Diaz, uma das grandes atrizes de sua geração! Nascida em 30 de agosto de 1972, na belíssima San Diego, California, ela nunca teve dificuldades de falar sobre maconha.

“Quando eu era mais jovem adorava ir a praia, mas demorava quase duas horas de ônibus para chegar lá, comia um hot dog e depois sobravam US$2 para um baseadinho, ficava lá o dia todo”.

“Frequentei o colégio  Long Beach Polytechnic High School com o Snoop dogg, lembro bem dele, era altão e magrelo, cheio de trancinhas.. .comprei paranguinhas com ele!”.

Em 2007 foi fotografada com sua amiga Pantera/Angel, Drew Barrymore, fumando um na praia de Malibu. Good Times!

Cameron é uma de nossas queridas Hollyweed Banzers por ser uma excelente atriz. Além disso, divertida, espontânea e cheia de vida. Acima de tudo, pelo simples fato de fumar maconha, não se esconder. Ao mesmo tempo que leva uma vida profissional bem-sucedida, livre para fazer escolhas para sua própria vida!

Cameron Diaz, nosso BANZAI para você!

Hollyweed Banzers - Matthew McConaughey

Hollyweed Banzers: Matthew McConaughey

Hello Banzers !!! Hoje é dia do Dr Banz falar de um grande astro de Hollyweed que também é chegado na nobre arte de banzar! Matthew McConaughey.

Casado com uma brasileira há 6 anos, está frequentemente passando férias em Minas Gerais, terra natal da ex-modelo brasileira Camila Alves e já se considera “um pouco” brasileiro. No começo de sua carreira interpretou um surfista chapadaço em “Jovens, Loucos e Rebeldes” (Dazed and Confused, 1993) e dentre os maiores sucessos de sua carreira estão O Massacre da Serra Elétrica” (Texas Chainsaw Massacre, 1995), “Como Perder um Homem em 10 dias” (How to Lose a Guy in 10 Days, 2003), “Interestelar” (Interstelar, 2014), “True Detective (2014, série da HBO, onde ele entrega uma bela atuação) e Clube de Compras Dallas, (Dallas Buyers Club, 2013), quando finalmente ganhou o Oscar como melhor ator.

 

Considerado um dos homens mais sexy da face da Terra, Matthew David McConaughey nasceu no Texas, em 4 de novembro de 1969. No distante ano de 1999, quando a repressão era bem mais forte em qualquer parte do mundo, Matt recebeu a polícia em sua casa por incomodar vizinhos às 02hs da manhã, enquanto tocava bongô completamente nu. Até aí nada demais, até que encontraram seu banza… não deu outra, preso por posse de entorpecentes. Perguntado se ainda continua fumando seu banza, ele prontamente respondeu: “Mas é claro! Nunca deixaria de tocar meu bongô pelado!”.

Em maio de 2018, McCounaghey disse numa entrevista que durante as gravações de seu novo filme onde contracena com seu amigo nada paloso Snoop Dogg, o rapper trocou a maconha “fake” que seria fumada numa cena, por maconha “real”. “De repente ouvi Snoop gritando: Yo, isso não é um banza de cenário, isso é um banza mágico do Snoop!”, e posso dizer que as 9 horas seguintes foram muito divertidas, muita risada e sinceramente não acho que estávamos falando inglês, era qualquer outra coisa menos inglês!”.

Matthew continuará inundando os sonhos mais quentes de seus fãs em cenas onde frequentemente aparece sem camisa e quem sabe não toca um bongô do jeito que veio a essa terra de Jah!

Banzai Matt!

Hollyweed Banzers - Megan Fox

Hollyweed Banzers: Megan Fox

Salve Banzers!

Eis um novo post da coluna Hollyweed Banzers no ar! Semanalmente daremos um foco cannábico nas estrelas de Hollywood que curtem um banza e nos enchem os olhos com tanto talento e charme nas telas do cinema! Hoje falaremos de uma de nossas Banzers favoritas!

Nascida em 1986, em Oak Ridge no estado do Tennessee, fez sua estreia no filme “Holiday in the Sun” (2001), participou como atriz convidada nas séries “What I Like About You” e a famosa “Two and a Half Men” (2003), mas ficou conhecida mundialmente como Mikaela Banes, no filme de 2007, Transformers!

Megan Denise Fox, ou simplesmente, Megan Fox, fala abertamente sobre a emancipação das mulheres. Já discutiu diversas vezes sobre sua bissexualidade e nos últimos anos tem advogado fortemente sobre a legalização da maconha!

Em uma entrevista a revista GQ britânica, Megan declarou: “Não posso dizer quanta merda eu tive que ouvir porque declarei abertamente que fumo maconha. As pessoas olham para isso como se fosse uma coisa ruim feita por hippies…e não é!”. E mandou na lata: “Já experimentei outras drogas, mas não gostei de nada a não ser a maconha. SIM, APOIO A LEGALIZAÇÃO! E quando isso acontecer, serei a primeira pessoa da fila para comprar meu maço de BANZA!!!”

 

Enfim, como não adorar Megan Fox?

A revista americana Maxim, em 2008 a elegeu como uma das “100 pessoas mais sexys do mundo”. Em seguida a revista PEOPLE referindo-se a ela como a “mais bonita entre todas as idades”, atriz talentosíssima, com os olhos mais verdes que uma O.G. Kush e uma beleza que te fazem perder a vez na rotação.

Megan é uma das jovens atrizes de Hollyweed que definitivamente entra na lista de divas do Dr Banz!

Banzai!

Shoulder Bag de Cânhamo do Dr. Banz

X
Add to cart