Dr Banz - Hemp Plastic

Hemp Plastic

Plástico, plástico, plástico, plástico.

Presente em todos os detalhes de nossas vidas, somos extremamente dependentes de… plástico. E não é novidade para ninguém que o plástico está destruindo nosso planeta.

Das 300 milhões de toneladas de plástico que produzimos anualmente, 50% é plástico de uso único. E de todo plástico produzido no mundo, apenas 9% é reciclado!

Agora o que realmente preocupa é que muitas pessoas no mundo (só nos EUA, 93% da população acima dos 6 anos de idade), testam positivo para um elemento químico chamado Bisfenol A. Infelizmente, o Bisfenol A está diretamente relacionado à diabetes, doenças renais e cardíacas, infertilidade e câncer.

Já sabe onde você mais se encontra Bisfenol A, né? Exatamente parceirx, no plástico !!!

Mas você sabia que há um tipo de plástico que é proveniente do Cânhamo (ou Hemp), que além de ser extremamente sustentável, também é biodegradável? Vamos conhecer algumas vantagens do HEMP PLASTIC?

1- HEMP PLASTIC é biodegradável

Um dos principais motivos do porquê o plástico comum (da sacolinha de mercado, da garrafinha de água, dos potinhos, etc) é tão perigoso, é o tempo que ele leva para se decompor, de 450 a 1000 anos.

Mas o plástico feito de cânhamo, leva 18 meses para se decompor, além de não conter Bisfenol A. Sem comparação.

2- O HEMP PLASTIC não é tóxico

De uma maneira bem simplista, o grande mal que o Bisfenol A possui para nossa saúde, é sua interação no nosso sistema hormonal. No corpo humano ele “age como se fosse o hormônio estrógeno”. E muito estrógeno no corpo está relacionado ao desenvolvimento de células cancerígenas.

Além de não possuir Bisfenol A, a produção de Hemp Plastic também não libera elementos químicos tóxicos no meio ambiente.

3- HEMP PLASTIC pode ajudar a vida selvagem

O plástico certamente está destruindo os oceanos. Estima-se que no ano de 2050, haverá mais plástico que peixes no oceano.

O Hemp Plastic não é tóxico, biodegradável e não libera elementos tóxicos “do mal” nos oceanos.

4- Enfim, ele polui menos

Por ser feito de combustíveis fósseis como o petróleo, o plástico comum libera elementos tóxicos, como o dióxido de carbono, que contribui diretamente para o efeito estufa.

A produção de Hemp Plastic faz exatamente o contrário. A plantação de cânhamo é mais saudável ao meio ambiente, pois não exige pesticidas ou fungicidas. Além disso, o cânhamo suga 4x mais dióxido de carbono da atmosfera que árvores comuns e transforma em oxigênio.

Shoulder Bag de Cânhamo do Dr. Banz

Não é apenas uma questão social ou medicinal, também há de fato, um lado que fala diretamente com os benefícios ao meio ambiente. O cânhamo que produz combustíveis, tecidos, fibras, alimentos e medicamentos, também pode nos ajudar a salvar o Planeta!

Tamo junto? Banzai!

Fonte

Canna Burgers Drinks

Canna Burgers Drinks

Canna Burgers Drinks é o primeiro restaurante da América do Sul a utilizar CBD em suas receitas.

As portas foram abertas em abril deste ano e certamente já não é mais possível contar quantos clientes passaram pelo estabelecimento. O restaurante fica em Montevideo, pertinho dos conhecidos letreiros, abre de Segunda à Sábado no horário mais paloso possível: 16h20.

O espaço oferece lanches para todos os gostos, inclusive para o veganos. Neste caso, o próprio hambúrguer é feito de cânhamo, enquanto o de origem animal é empanado com as sementes. As opções líquidas ficam, por enquanto, a cargo dos sucos de frutas que logo logo dividirão espaço com as cervejas regadas a CBD.

Além de proporcionar essa experiência gastronômica, o estabelecimento também se preocupa em informar aos clientes sobre o que está sendo consumido, por isso, as paredes do local são repletas de informações sobre o Canabidiol. De onde veio, como é extraído e o poder que a semente têm em nosso organismo.
Banner Stoned Collection Dr. Banz
Os clientes são bem diversificados, assim como os benefícios que o cânhamo traz para a nossa saúde. Muito estudos ainda estão por vir, mas já sabemos de sua importância em tratamentos de epilepsia, distúrbios psiquiátricos, inflamações e também como prevenção, fortalecendo nosso sistema imunológico, pele, cabelo e unhas.

Hambúrguer é sempre uma boa pedida pós-banza, mas quem aí já provou algum alimento diferenciado do famoso brigadeiro mágico?

Vai lá! Banzai!

Canna Burgers Drinks
Placido Ellauri 3369
Pocitos, Montevideo, Uruguay
+598 2623 3403
Instagram
Facebook

Sementes Feminizadas, Automáticas e Regulares

Sementes Feminizadas, Automáticas e Regulares

Saiba a diferença entre as variações de sementes da Cannabis.

As três variações de sementes de Cannabis sempre causam dúvidas na hora da escolha para o próprio cultivo. Mas falar sobre plantio é ligeiramente complicado por conta das inúmeras variáveis que devem ser estudadas a fundo. Mas hoje vamos explicar a que se refere às AUTOMÁTICAS, FEMINIZADAS E REGULARES.

As sementes

As sementes automáticas são conhecidas pelo curto ciclo de crescimento. Elas ficam prontas para a colheita em apenas 10 semanas de cultivo. Por conta desta rapidez, as plantas tendem a não crescer tanto quanto nas demais variações. As automáticas também são chamadas de “feminizadas autoflorescentes” pelo fato de não serem complexas nas alterações em fotoperíodo como as outras. Isso porque não há importância de controle da intensidade da luz sobre a planta. Ela floresce naturalmente quando chega a fase do desenvolvimento.

Já as sementes feminizadas são geneticamente selecionadas para que o plantio produza somente plantas fêmeas. Por isso, liberam o jardineiro de perder tempo germinando mais que o necessário. Neste caso, o tempo de plantio depende da sua meta como, por exemplo, altura e densidade, mas já é meio caminho andado ter a certeza de que a semente em germinação é fêmea.

A terceira e última variação são as sementes regulares. Essas não nos dão a certeza de que sairão plantas fêmeas. Nesse cultivo, além de se surpreender com plantas macho, caso você esteja cultivando alguma planta fêmea por perto, a planta macho pode polenizá-la. Isso faz com que a energia que deveria ser direcionada ao crescimento de flores é redirecionada para a produção de sementes. No mais, caso sejam cultivadas outras strains por perto, o macho pode tornar a fêmea em uma planta híbrida.

Depois de entender como funcionam as sementes, basta ter em mente o espaço que será usado para cultivo e fazer as contas de metragem… Até que altura sua planta poderá crescer?

Banzai!

Shoulder Bag de Cânhamo do Dr. Banz

Dr Banz - História: Sativa, Indica e Ruderalis

História: Sativa, Indica e Ruderalis

Salve banzers de Jah!

Para muitos é apenas uma revisão de um assunto adorado, para outros pode ser conteúdo novo, então vamo que vamo porque o conhecimento não pode parar!

Origem e evolução dos termos

Os termos Sativa, Indica e Ruderalis foram introduzidos no século 18 para descrever as três variedades diferentes de cannabis. Sativa é um adjetivo em latim, que significa “cultivado”. Indica é latim para “da Índia”. Ruderalis também vem do latim e é o plural de uma palavra que significa “pedaço de bronze bruto”.

O termo Cannabis Sativa descrevia plantas de cânhamo encontradas na Europa e Eurásia oriental, onde era cultivada por sua fibra e sementes.

O termo Cannabis Indica descrevia uma variedade da planta com efeitos psicoativos, cultivada na Índia (mas também encontradas no Afeganistão, nas montanhas Hindu Kush, no sudeste da Ásia, América do Sul, Jamaica e México) onde era cultivada também por sua fibra e sementes, além do querido hash.

O termo Cannabis Ruderalis é a selvagem, a ancestral das duas variedades acima, com seu baixo percentual de THC e características de auto-flora.

Hoje esses termos certamente ajudam a organizar as milhares de strains que circulam pelo mercado. Mas a história nos ensina que algumas mudanças nos termos cannábicos aconteceram no decorrer do caminho. Eis abaixo como eles mudaram desde suas primeiras definições botânicas:

Hoje, Sativa se refere a uma variedade de cannabis com plantas altas e com folhas estreitas. São atribuídos à ela os efeitos energizantes. No entanto, antigamente essa planta de folhas estreitinhas era conhecida como Cannabis Indica.

Indica era um termo usado para uma planta robusta, com folhas largas, conhecida por seus efeitos sedativos. Tecnicamente essa variedade de folhas largas, se chama Cannabis Indica Afghanica.

O que nós chamamos de cânhamo, se refere a variedade não psicoativa, para fins industriais cultivadas primordialmente por fibra, sementes e CBD. Seu nome original era Cannabis Sativa.

Confuso né? Isso porque aprendemos a terminologia moderna, mas nunca é tarde para aprender. É sempre bacana conhecer as origens da nossa cultura, do nosso lifestyle! Vamos juntos horizontalizando o conhecimento, trazendo informação sobre as tendências e inovações.

Mas para saber para onde vamos, precisamos saber de onde viemos e história cannábica é sempre massa aprender!

Shoulder Bag de Cânhamo do Dr. Banz

Banzai !!!

Fonte

Dr Banz - Chef Weed House

Chef Weed House: Um capixaba no Uruguai

  • Dr Banz - Chef Weed House

Dois países, dois amores e inúmeras combinações de aromas, gostos e texturas.

Foi com esse apetite que nasceu o projeto Chef Weed House criado por Gustavo Colombeck.

Já pensou em comer um brownie feito com manteiga ou óleo de coco canábico? E saber a quantidade de THC ou como realmente foi feito, será que também pensamos nisso? O conhecimento obtido pelo capixaba Colombeck sobre a gastronomia legalizada o levou a explorar os cuidados que se deve ter ao manusear as substâncias da erva com alimentos.

“Cada planta da Cannabis tem uma porcentagem de THC e CBD diferentes. Vejo muito na internet dizendo que pode colocar a quantidade que quiser, mas pra alguém que não está acostumado pode ser a mesma vibe psicodélica de um LSD”, explica o Chef.

E se engana quem imagina que uma alimentação com THC é somente por pura diversão. De fato, dentre várias formas de redução de danos sobre o consumo da Cannabis, temos o modo de ingestão por meio de alimentos. Ele auxilia pacientes a usufruir seus benefícios – principalmente não usuários da ganja. Para utilizar as substâncias psicoativas e o canabidiol em receitas também é necessário um estudo sobre a temperatura adequada.

“Tudo depende do processo de descarboxilação, da planta e do que você quer extrair”, conta Gustavo – que teve dificuldades no início da pesquisa, pois só encontrava informações em demais línguas.

Shoulder Bag de Cânhamo do Dr. Banz

O menu

Macarons, bruschetta, nhoque e até tempurá feito com a folha da Cannabis estão inclusos no portfólio do Chef Colombeck. Mas o título de prato preferido fica para as criações que se inspiram no próprio momento. Tudo que é novo o cativa, “Ao invés de utilizar terpenos, prefiro infusionar a espécie Grapefruit no leite e assim fazer um sorvete de uva com THC ao invés de só contar com o aroma dos terpenos”, conta Colombeck.

A busca por esses conhecimentos o fizeram passar por livros como “Honesta Voluptate Et Valetudine” escrito pelo italiano Bartolomeo Sacchi. E támbem o “La cocina de la Marijuana”, por Tom Flowers. Mas toda essa ideia começou a ser construída dois anos atrás. Quando um maconheiro formado em gastronomia se lançou em terras uruguaias vendendo alfajor canábico. E hoje o projeto atende a demanda de clientes do Chile, Argentina e Brasil. Realizando os jantares em seu próprio espaço no Uruguai, dias específicos em restaurantes ou no conforto da casa do contratante.

E não para por aí, há surpresas que serão divulgadas para o segundo semestre de 2019, já pensou em aprender um pouco sobre culinária canábica?

Banzai!

5 diferenças entre maconha e cânhamo

Maconha x Cânhamo. 5 diferenças

Salve Banzers!

Você conhece a diferença entre Maconha X Cânhamo? Vamos clarear! Tanto a maconha quanto o cânhamo pertencem à família Cannabis e existem utilizações bem diferentes para cada uma delas. Vamos conhecer 5 grandes diferenças que podem tornar o entendimento mais fácil:

1. THC

O THC é o cannabinóide que promove a “brisa”, mas além de seus efeitos psicoativos, também possui ação medicinal. A maior diferença entre elas é o THC. O cânhamo possui apenas traços de THC (aproximadamente 0,3%), enquanto a maconha possui em média 5% de THC em sua composição.

2. Plantio

As condições de plantio também são completamente diferentes. O cânhamo cresce praticamente em qualquer condição ou clima, já a maconha requer condições específicas de calor e umidade.

3. Look

A folha de maconha todo mundo conhece. Constantemente exposta em camisetas e logomarcas, é o ícone do nosso lifestyle. A folha do cânhamo é praticamente a mesma, apenas mais fina, alongada.

4. Utilização

O uso é completamente diferente entre as duas. A maconha tem uso medicinal e social (algumas pessoas chamam de recreativo, mas nós particularmente achamos o termo “social” mais coerente). O cânhamo é utilizado com propósitos industriais (construção, combustível, tecidos, além de alguns itens de alimentação).

5. $$$

É difícil mensurar valores para realidade brasileira para que tenhamos uma comparação justa. Mas levando no mercado internacional, em 2017 as vendas de cânhamo nos EUA atingiram US$ 820 Milhões, mas em dezembro de 2018 houve a legalização do plantio de cânhamo e os números prometem explodir. Mas nada comparado a indústria da maconha pós-legalização. Somente o estado do Colorado vendeu US$ 1 Bilhão em apenas 6 meses.

Banner Stoned Collection Dr. Banz Ou seja, além de existirem diferenças básicas, existem muitos aspectos que podem influenciar diretamente na economia, cultura, empregos e educação de qualquer país que adote a legalização da Cannabis, tanto cânhamo como maconha.

Que sonho se chegasse a nossa vez e esse país fosse o Brasil, não?

Banzai !!!

Dr Banz - Hollyweed Banzers Mike Tyson

Hollyweed Banzers: Mike Tyson

  • Dr Banz - Hollyweed Banzers Mike Tyson

Salve Banzers!

Após um intervalo na seção Hollyweed Banzers (para lançarmos a nossa coleção de camisetas Stoned T-Shirts), voltamos para falar de uma lenda viva do esporte. Ele já atuou em muitos filmes de Hollywood e agora está se tornando um ícone da indústria cannábica!

Ladies & Gentleman!
On the green corner…
Medindo 1,78m…
Pesando 109 kg…
O ex-campeão Mundial da Federação Internacional de Boxe e da Associação Mundial de Boxe…
“IRON” MIKE TYSON!

Após uma infância conturbada, onde flertou com a vida criminal desde cedo, Tyson iniciou-se no pugilismo aos 11 anos de idade quando foi internado num reformatório para jovens delinquentes. Aos 12 anos pesava mais de 80 kg, com musculatura bem avantajada para um garoto, aos 15 já era um peso pesado veloz e nocauteador, aos 18, nem mesmo seu treinador ficava de pé durante os treinamentos. Como resultado, aos 20 anos, tornou-se campeão mundial, o mais jovem peso pesado a conquistar o título!

Mas quando completou 30 anos, já era possível perceber que precocemente também estava perdendo vigor físico e sua carreira devastadora de nocautes e títulos mundiais infelizmente chegava ao fim. Mas ele revidou, seguiu batalhando depois de muitos percalços na vida. E agora ressurgiu se tornando um grande empreendedor do cannabusiness!

Mike Tyson e dois sócios (Robert Hickman e Jay Strommen) planejam construir o Tyson Ranch. Será um resort que contará com escola para o plantio da cannabis, com orientações de profissionais do rancho, laboratório de extrações, além de loja de equipamentos e suprimentos para cultivo. Localizado na cidade de California City, no meio do deserto de Mojave, ele terá espaço de acampamento premium e cabanas para hóspedes, anfiteatro para música ao vivo e uma fábrica de edibles (produtos comestíveis de maconha)!

Esse é o tipo de negócios que a legalização traz e de fato impulsiona a economia local. Quer seja através do turismo, quer seja através do consumo tributado da erva. Com padrões de produção e industrialização, multiplicação de conhecimento e principalmente o respeito ao cidadão! Agora quero ver visitar o Tyson Ranch, não pagar a conta e ter que se acertar com o gerente!

Banzai, Mike Tyson !!!

Fonte: https://theblast.com/mike-tyson-marijuana-cannabis-tyson-ranch/

Shoulder Bag de Cânhamo do Dr. Banz

Dr Banz Cannabis Fashion Moda

Cannabis na Moda

  • Dr Banz Cannabis Fashion

Salve Banzers!

Hoje o papo é sobre Cannabis Fashion !!!

O Cannabic Lifestyle é uma entidade que se expressa através da cultura, da música, da arte e em grande parte através da MODA! Seja através do cânhamo como matéria prima, do design como arte e de toda energia positiva que circunda o movimento.

Temos muitos exemplos de expansão da CANNABIS FASHION já que ela vai permeando e se tornando cada vez mais presente em diversos segmentos da moda. São produtos cada vez mais variados que tem um “apelo cannábico” de alta identidade com seu público. Ou pelo menos é utilizado por artistas que possuem fortes laços com o banza nosso de cada dia!

Vamos conhecer alguns deles?

1- Cannabis na elite da Moda

Muitos estilistas de luxo aderiram à cannabis em seus modelitos que circulam sobretudo nas altas esferas da moda.

Jeremy Scott é o diretor criativo da casa de moda Moschino e o único proprietário de sua marca homônima. Scott construiu uma reputação de “o último rebelde da moda”. Em 2012, “lavou” o logo da Adidas em verde para um agasalho que foi usado pelo “cannabis lover hip hop star” (da época) A$AP Rocky, o que acabou gerando um buzz nos altos círculos da moda.

Em 2014, a grife Vetements fez as manchetes quando colocou em sua coleção um dichavador como pendente de cordão de ouro.

Em 2015, a super badalada estilista americana, Mara Hoffman, foi ousada estampando folhas de maconha em vestidos e calças de sua coleção num desfile em NY.

2- Jóias Cannábicas

Você já pensou em possuir uma jóia cannábica?

A designer de jóias Jacquie Aiche fundou sua própria grife em 2007. E é de fato conhecida por suas coleções com motivos que celebram a cannabis. “Minha coleção simboliza a liberdade, a felicidade e a cura, tudo representado numa única e linda forma”.

Seus brincos de diamante, colares, pulseiras e braceletes são frequentemente vistos em artistas que levantam a bandeira da maconha, como Rihanna e Kendal Jenner.

3- Cannabic Vintage

Produtos inusitados, limitados e “chic”. Certamente existe um mercado de alto potencial consumidor desses acessórios de moda.

A designer canadense Melissa Stewart foi criada num ambiente “cannabis friendly”. Aliás, aprendeu a bolar com o próprio pai e hoje seus acessórios vintage encantam muitos consumidores de luxo. Eles compram cigarreiras (ou beckeiras, banzeiras … vc entendeu!) de madre pérola, num verdadeiro look 1950, um isqueiro metalizado estilo 1930, tesourinhas de ouro com look da vovó e muitos outros produtos com cara de clássico. Mas que atendem as modernidades da vida cannábica atual, como um case de couro estilo John Wayne para o seu vaporizador. Whaaaat ?!?

Enfim, a moda sempre vai retratar o que está em nossa cultura e mostrá-la à sua própria maneira. O mais legal de tudo é podermos ver que a cena se fortalece e a cannabis está cada vez mais presente no estilo das pessoas. Assim, aos poucos vamos tornando o assunto menos marginal, menos tabu, mais normal. Como deve ser.

Banzai!

* Não deixe de conferir a coleção Doctor Banz STONED T-Shirts. Essa é principalmente a nossa maneira de expressar a arte cannábica através da moda! São 4 estampas lindas, cada uma celebrando a arte cannábica num estilo, usando recursos tecnológicos inovadores, diferentes de tudo o que você já usou. Vai lá na BanZStore

Fonte: https://fashionmagazine.com/fashion/marijuana-fashion-trend/

Shoulder Bag de Cânhamo do Dr. Banz

Shoulder Bag Hemp

Shoulder Bag Hemp Dr Banz!

  • Shoulder Bag Hemp

Então você está atrás de uma shoulder bag que além de chavosa, precisa ser espaçosa e funcional para carregar seus itens essenciais para o rolê. Você já deu uma pesquisada por aí, mas tudo é muito igual. Nenhuma fala diretamente com o seu style e você continua a procura da shoulder bag perfeita, certo?

Finalmente você chegou ao fim da sua procura!

Shoulder Bag Hemp do Dr. Banz

A Shoulder Bag Hemp do Dr Banz é linda, espaçosa, super style e única pois é feita de um tecido que mescla 40% de cânhamo com 60% de algodão orgânico! Reviramos todos os fornecedores que você pode imaginar atrás de um tecido de cânhamo. Com o intuito de encontrar um que seja bonito e permita a criação de produtos únicos que expressem nossa visão de moda e falem com a causa cannábica!

Sabemos que o cânhamo pode originar alguns produtos como tecidos, medicamentos e até combustíveis. Mas você sabia que ele vai muito além disso? Pão, cereais, manteiga e proteína para consumo podem vir da casca da semente de cânhamo. Do óleo da semente pode-se produzir lubrificantes, tintas e cosméticos. Da fibra dos galhos e troncos surgem produtos para vestuário. Como roupas, sapatos e tecidos (inclusive o que usamos na nossa shoulder bag). Materiais de construção, papel, biocombustível, compostos plásticos e muito mais.

Além de benefícios eco-sustentáveis, é hora de falar sobre o cânhamo. Hora de falar sobre maconha, sobre seu uso social e medicinal. E certamente normalizar o conhecimento e a informação para que aquela visão retrógrada proibicionista aos poucos fique para trás!

Então queridx amigx, junte sua carteira, chave, isqueiro, banza, celular, carregador e tudo o mais que você carrega para o seu rolê e leve tudo na sua Shoulder Bag Hemp Doctor Banz!

Dica quente? Preenchendo um simples cadastro em nosso site no pop-up da home e assinando nossa newsletter, você ganha um desconto de 10% na aquisição da sua Shoulder Bag Hemp!

Banzai!

Lançamento BanZStore

Lançamento da BanZStore, a loja online do Dr Banz!

  • Lançamento BanZStore

Salve Banzers !!!

Hoje realizamos o sonho de finalmente termos no ar a BanZStore, a loja online do Dr Banz!

Poderemos levar até você produtos idealizados com muito cuidado e carinho por retratarem nossa visão da cultura e lifestyle cannábicos!

Na BanZStore você poderá comprar nossa exclusiva Shoulder Bag Hemp, produzida com tecido 40% cânhamo e 60% algodão orgânico, perfeita para te acompanhar no dia a dia e carregar sua carteira, celular, carregador, seda, isqueiro, chaves, chiclete, banza… enfim, você nunca mais ficará perdido e ainda ganhará um look realmente style!

Para coroar o lançamento da BanZStore, estamos lançando também a pré venda da coleção Stoned T-Shirts, uma linha de camisetas com estampas recheadas de inovação, tecnologia e expressão, com criações para retratar o cannabic lifestyle social e medicinal. Essas camisetas foram produzidas em tecidos de algodão estonado. Isso quer dizer que ficam com um visual super estiloso e muito confortável. Sem contar nos efeitos super diferenciados de estamparia.

Conheça a coleção Stoned T-Shirts do Dr Banz ao longo dessa semana, escolha a estampa que mais fala com seu coração e alma cheio de terpenos e tricomas e compre aqui na BanZStore!

Temos descrições detalhadas de todos nossos produtos, com medidas e tamanhos para que você faça sua compra direitinho! Aceitamos todos os cartões, parcelamos compras e despachamos para todo Brasil, basta calcular o frete e se ligar nos prazos de entrega, ok?

Fique ligado pois teremos novidades pintando em nossos canais de comunicação. E você poderá encontrar todas elas na BanZStore!

Principalmente, queremos NORMALIZAR através da MODA. Tamo junto?

Banzai!

X
Add to cart