Dr Banz - Superette

Superette é uma viagem!

Salve Banzers!

Negócios e oportunidades florescem nos países onde a legalização já aconteceu.
Além do aquecimento da economia e da geração de empregos, esse cenário (maravilhoso) ainda dá asas a imaginação de empreendedores. Que certamente querem prosperar dentro do segmento cann4bico.

Um ótimo exemplo disso é a rede canadense de dispensários Superette, que recentemente inaugurou sua terceira loja e definitivamente não há nada igual no mercado.

O dispensário é uma loja onde a venda de m4conha é feita legalmente. Possui todas as licenças (órgãos governamentais e polícia local) e registro do que é vendido de maneira oficial, sem riscos e quebrando todo estigma do tráfico que sempre acompanhou a m4conha.

*PS: Não confunda dispensários de país legalizado com headshops/tabacarias brasileiras!

  • Dr Banz - Superette

Images credit: Alex Lysakowski

A nova loja da rede Superette é simplesmente incrível!

Absolutamente cheia de cores, quase lembra a fantástica fábrica de chocolates (só que da m4conha!). Praticamente um sonho cannábico!

Além do maravilhoso arsenal de flores que semanalmente variam no cardápio, também oferece refeições diferenciadas num ambiente retrô super charmoso e entretenimento para os frequentadores se divertirem enquanto fazem suas compras.

A imaginação e criatividade tomaram conta dos fundadores Mimi Lam e Drummond Munro. Imagine-se escolhendo uma florzinha para sua próxima session e quando olha para o lado do balcão, uma máquina de fliperama com aquelas garras para pegar um prêmio surpresa que variam de artesanato local à produtos raridade e vouchers para surpresas no balcão!

Os clientes entram na loja que logo na entrada tem uma atmosfera toda retrô, num mix de lanchonete com loja de doces e fazem a verificação da idade (+18 anos) numa cabine de foto vintage super descolada!

De maneira super elegante, o interior da loja possui azulejos quadrados vermelhos para realmente prender a atenção dos clientes. Que encontram na seção de flores uma vasta variedade numa mini estufa que simula uma floricultura dos anos 50.

Atravessando uma porta falsa que imita uma máquina de refrigerantes, você pode acessar uma outra área da loja. Com ainda mais produtos de dar água na boca (mesmo que esteja seca!).

A verdade é que com o cenário favorável, as condições legais adequadas, cenário político consciente e principalmente agindo dentro da lei o mercado cann4bico tende a crescer numa velocidade que vai ser difícil de acompanhar!

BANZ-ai Superette!

Eco Shoulder Bag
Compre sua Eco Shoulder Bag

Fonte

Dr Banz - Parlamento do Marrocos vota a legalização do cultivo de maconha

Marrocos! Parlamento vota a legalização do cultivo de m4conha

Salve Banzers!

Quando se trata de haxixe, um país no norte da África se destaca de todos os demais, o MARROCOS!

É o maior exportador de hash para o mundo com grande parte de sua produção destinada ao mercado europeu.

O cultivo da c4nnabis e seu manuseio para extração do haxixe são proibidos no Marrocos, mas isso não impediu os jardineiros a criar um dos segmentos que mais emprega pessoas, movimenta a economia e faz parte da cultura local.

Assim como em qualquer país pobre, a diferença entre classes sociais é enorme, no Marrocos, a região que concentra os cultivadores de c4nnabis, as Rif Mountains, é uma das mais pobres do país.

Dr Banz - Parlamento do Marrocos vota a legalização do cultivo de maconha

Localizada ao norte, as Rif Mountains se estendem praticamente da região do Cabo Espartel até a fronteira com a Argélia. Uma região historicamente isolada e desfavorecida, possui aproximadamente 2.5 milhões de habitantes.

Com a proposta de legalização sendo aprovada, proporcionará uma oportunidade aos cultivadores locais de melhores rendimentos.

De acordo com estudo realizado pelo Ministério do Interior, a produção legalizada de c4nnabis pode render algo próximo a US$12.316/ hectare no Marrocos.

Além disso, há de se considerar o ganho na qualidade de vida das pessoas, o aquecimento no mercado de trabalho e na economia, maior dignidade às pessoas que saem da sombra da ilegalidade para trabalhar (e pagar impostos ao governo) sem medo ou vergonha da maneira que produzem aquele marroquino de responsa!

BANZ-ai Marrocos!

Eco Shoulder Bag
Compre sua Eco Shoulder Bag

Fontes: 01 e 02 e 03

Dr Banz - Amazon apoia a legalizacao no EUA

Amazon apoia a legalização no EUA!

Salve Prime Banzers!!!

É muito positivo e recompensador quando uma das maiores empresas do planeta muda sua postura. Bem como passa a apoiar a legalização da m4conha em nível federal nos EUA!

A gigante do e-commerce, Amazon, anunciou que seu braço de políticas públicas agora apoia a legalização da c4nnabis!

Como parte desse processo de adequação aos novos tempos, também anunciou que mudou sua política de testagem de drogas entre seus funcionários. E consumidores de m4conha não serão mais desqualificados ou demitidos da companhia.

Num post do CEO da Divisão de Consumo Global, Dave Clark, escreveu como a companhia evoluiu seu próprio racional sobre a c4nnabis legalizada em 17 estados e mais de 30 outros que permitem algum tipo de uso medicinal da erva.

“Deixaremos de incluir a c4nnabis em nosso programa de testes periódicos para quaisquer posições da companhia exceto no Departamento de Transportes, trataremos com o mesmo critério do consumo de álcool”.

A legalização da m4conha em nível estadual vêm avançando através de todo o país, nesse momento, mais de 40% dos americanos vivem em estados onde é permitido o consumo para maiores de 21 anos e é esperado que a indústria legalizada gere U$100 bilhões em vendas anuais até 2030.

Isso incide na criação de empregos, aquecimento da economia, maior tributação aos estados, políticas de incentivo nas comunidades mais impactadas pela proibição.

Ou seja, ganham consumidores e pacientes que saem da sombra da ilegalidade, ganha sociedade que recebe mais oportunidades de trabalho digno. E certamente ganha o governo que recebe mais impostos desse novo segmento da economia.

Que essa movimentação de um dos maiores gigantes do consumo mundial abra os olhos de outras companhias para que passem a respeitar seus clientes pacientes & consumidores de m4conha como qualquer outra pessoa, independente de seus hábitos, orientação e preferências.

BANZ-ai Amazon!

Fontes: 0102

Eco Shoulder Bag
Compre sua Eco Shoulder Bag
Dr Banz - Allied Corp Produção de 980g por planta

Produção de 980g por planta?

Salve Banzers dos Jardins de Jah!

E quem nunca sonhou com o autossustento can4bico?

Mais ainda, quem nunca sonhou em poder cultivar sua própria ganja dentro da lei, sem medo de retaliações e certamente aprendendo constantemente para melhores produções?

Em países onde a legalização do cultivo para fins medicinais já aconteceu, permite que novas tecnologias se desenvolvam de fato para melhoria e aumento de produtividade constantes.

Uma empresa canadense, a Allied Corp, anunciou uma colheita que em média produziu 980g por planta!

Isso é mais do que o dobro registrado pela companhia em sua primeira colheita, 424g de cada planta.

A Allied Corp tem seus campos de cultivo na Colômbia (onde a legalização com escala industrial também já aconteceu) onde mantém uma rotina de colheita semanal.

Atualmente são 9.000 (isso mesmo, nove mil) plantas em ciclo de floração!

A empresa possui autorização do Ministério da Agricultura da Colômbia para cultivar até 20 strains diferentes. Atualmente está conduzindo estudos clínicos Fase I, de um composto próprio com Psilocibina + CBD, batizados de ALID-10 e ALID-11.

Com ciclos “perfeitos” de 12h de luz solar, a Colômbia oferece um dos terrenos mais favoráveis do mundo para cultivo outdoor de m4conha, garantindo de maneira consistente alto volume, qualidade excelente e produtividade eficiente.

Mas além da incrível produção de 980g por planta, a Allied disse que também conseguiu aumentar de maneira estável, o percentual de can4binóides das plantas.

As strains com efeito psicoativo, repetidamente excederam 29% de THC, enquanto as com foco no CBD registraram 25% de concentração!

O bonde do empreendimento c4nnábico chegou a alguns países que além de proporcionar acesso à saúde da população, efetivamente abriram suas portas para novos negócios, empregos, aquecimento ds economia, tributação ao governo e muitos outros atrativos financeiros que fariam qualquer governo RACIONAL a ao menos discutir as propostas de uma nova política de drogas.

Infelizmente ainda não é o caso do BR4SIL.

BANZ-ai!

Fonte

Eco Shoulder Bag
Eco Shoulder Bag
Dr Banz - Grecia

Grécia legaliza plantio e venda de cann4bis para uso medicinal

Opaaaaa Banzers!!!

No início de maio, o Parlamento Grego aprovou uma medida que legaliza o cultivo e venda de m4conha para o uso medicinal!

A votação vem de fato, 4 anos depois de uma decisão dos Ministérios da Saúde e Justiça de retirar a c4nnabis da lista de drogas controladas do país. Mas essa reforma não incluía o CULTIVO ou VENDA.

A medida foi aprovada com 158 votos a favor e 33 votos contra.

A lei traz novas opções no campo da agricultura e indústria de processo. Mas o mais importante é o alívio que proporcionará aos que fazem uso medicinal da cann4bis na Grécia.

Segundo o porta-voz do partido Nova Democracia, Christos Kellas, a lei implementará “uma estrutura integrada para o desenvolvimento da indústria can4bica na Grécia e seus apoiadores podem esperar benefícios econômicos através da geração de novos empregos”.

Felizes pela vitória dos irmãos e irmãs da Grécia que poderão ter o direito de escolher quais os rumos querem caminhar nos cuidados da própria saúde!

Sem precisar cruzar a fronteira da lei. Sem precisar ficar à margem da sociedade por puro preconceito e pensamento retrógrado dos governantes que já demonstraram total despreparo. E também falta de compaixão para com os que encontram dignidade, alívio, conforto e maior qualidade de vida no uso medicinal da cann4bis.

BANZ-ai !!!

Fontes: 0102

Eco Shoulder Bag
Eco Shoulder Bag
Dr Banz - Produtos Legalizados

Vamos viajar? Produtos legalizados na gringa!

Salve Família Banzer!

Vamos viajar?

Acordamos com vontade de viajar!

Viajar em como seria ter um cenário resolvido com relação a política de drogas e, de certa forma, entendendo como capitalizar com os impostos num país legalizado, oferecer empregos e movimentar a economia ao redor das oportunidades que o mercado da m4c4nha pode oferecer.

Só para ficarmos antenados no que anda rolando em países onde isso tudo já aconteceu, se liga na variedade (e principalmente na qualidade) dos produtos disponíveis para que pessoas como eu e você possam adquirir sem risco de ser preso ou dedo apontado na cara:

Cinnamon Mints 1:1 CBD (da Breez)

Dr Banz - Produtos Legalizados

 

 

 

 

 

 

 

Já pensou ter pastilhas sabor canela, com concentrações de CBD na quantidade certa para aquela melhorada no humor e dar aquela energizada para um dia good vibes? Essa é a proposta da Breeze. Quer conhecer mais? CLIQUE AQUI

Piña Dream Descartável (da Leune)

Dr Banz - Vamos viajar

 

 

 

 

 

 

 

Esse é um mundo totalmente novo e que muitíssimas pessoas gostariam de ter um melhor acesso. V4pe pens descartáveis como Piña Dream descartável com concentrações de THC (61,7%) e CBD (20,1%), uma pedrada que pode te dar o melhor dos dois mundos, sem capotar ou acelerar demais! Conheça: CLIQUE AQUI

Chocolate Chip Therapy 1:1 CBD to THC (da Dr. Noms)

Dr Banz - Vamos viajar

 

 

 

 

 

 

 

Esses cookies nos fazem lembrar que precisamos sempre de um tempinho para nós! Cada biscoito tem 10 mg de THC e CBD, mas seu tamanho permite uma brisa numa boa medida, metadinha para efeitos mais leves ou um inteiro para maratonar séries ou internar no Playstation/Xbox/ Nintendo/PC. Check it out: CLIQUE AQUI

Hemp CBD Pre-Rolls (Alive & Kickin)

Dr Banz - Vamos viajar

 

 

 

 

 

 

 

Quer dar um basta no cigarro, mas continuar fumando? Ou quer uma sessão no meio do dia para manter a vibe do dia rolando? Esses pre-rolls de CBD estão na lista de muita gente na California. São packs com 14 banzas! Se liga: CLIQUE AQUI

Pequenas amostras do que anda rolando de fato em mercados legalizados e infelizmente ainda estamos muito distantes pela realidade brasileira de política de drogas e a mente retrógrada dos governantes.

Estamos na contramão da conscientização e educação com relação aos benefícios de uma reforma da política de drogas, permanecemos à margem de novas oportunidades de emprego, de desmistificação de estereótipos falidos, de aquecimento da economia e principalmente de evolução da consciência social!

A ideia certamente não é causar inveja e sim traçar um mapa temporal de como somos obrigados a viver pelo negacionismo de alguns.

BANZ-ai !!!

Eco Shoulder Bag
Eco Shoulder Bag
Dr Banz - E esse memorando da Policia de Nova York

E esse memorando da Polícia de NY?

Salve Banzers!

Certamente a legalização da maconha causa cenas inusitadas por onde passa, em qualquer lugar do mundo!

Mas imagine que em Nova York, principal megalópole do mundo, chegou um memorando a todas as delegacias de polícia, que a partir de agora os policiais NÃO PODEM PRENDER NINGUÉM FUMANDO MACONHA EM PÚBLICO!

Desde que a pessoa esteja numa área onde o tabaco é permitido, está tudo bem!

O memorando ainda recomenda que policiais não podem mais usar o cheiro da erva para revistar um veículo. A “geral” no veículo, só é permitida se o policial tiver indícios que o condutor esteja alterado ou que o próprio condutor esteja consumindo m4conha ao dirigir.

Outra medida importante citada no memorando policial foi: “troca de maconha, em mãos, numa quantidade inferior à 85g (3 oz), sem compensação financeira, entre pessoas maiores de 21 anos, não é considerado venda”… WHAT?!?

Isso mesmo, até 85 gramas e não ter dinheiro envolvido, não configura venda!

Essas medidas foram publicadas na lei de legalização da c4nnabis, assinada pelo governador Andrew Cuomo. Medidas corretivas da própria polícia após a legalização da maconha porque:

  • De 2018 à 2020, 93% dos presos na cidade de NY eram pretos;
  • 4.081 prisões por posse de c4nnabis: 49% eram pretos, 39% latinos e apenas 7% brancos;

E a grande maioria dessas prisões têm registro justamente das 3 medidas citadas acima: consumo em público, “geral” no veículo e suposta prática de tráfico.

Uma medida que causa espanto (mas não deveria), pela quebra de estereótipos relacionados ao racismo e violência que muitos usuários enfrentam em todas as partes do mundo.

Que seja duradouro e sirva de exemplo para outros países sérios que cogitam o debate aberto sobre a legalização da m4conha, e não aqui onde o presidente considera projetos de legalização do cultivo como “porcaria”. Lamentável.

Hey Ho, Let´s Go New York City !!!

Fontes: 01 e 02 e 03

Eco Shoulder Bag
Eco Shoulder Bag
Dr Banz - É só uma planta

É só uma planta!

Salve Banzers que sabem que é só uma planta!!!

A missão do Doctor Banz certamente é contribuir para a normalização e legalização da maconha no Brasil. Trazendo informação, tecnologia e principalmente a valorização do lifestyle cannábico!

Em nosso terceiro ano de jornada, finalmente tivemos a oportunidade de fazer um projeto com duas referências importantíssimas de nossa história: Gilberto Castro e Mestre Zanon!

Eles são parte da FORÇA & RESISTÊNCIA do ativismo cannábico brasileiro! Um através dos anos de resiliência e luta pelo direito de acessar dignamente um tratamento comprovadamente eficaz para sua condição de saúde. E o outro expressando através da arte os seus posicionamentos, manifestos e gritos por liberdade que inspiram e dão voz a muitos outros artistas.

Conhecemos ambos no comecinho de nossa história, em momentos diferentes. Zanon no RJ e Gil em SP, quando tudo era novíssimo para nós, quando no começo só existia semente germinada, substrato e água!

Gilberto Castro é paciente de esclerose múltipla (doença degenerativa e irreversível). Para continuar seu tratamento com dignidade e qualidade de vida, faz uso medicinal da maconha. Foi um dos pioneiros a conquistar um habeas corpus para cultivar seu próprio medicamento em casa. E exerce seu ativismo de maneira muito positiva, levando informações e experiências que ajudam a desmistificar o preconceito em relação ao uso medicinal da cannabis.

Antonio Zanon é uma das maiores referências no ativismo cannábico brasileiro. Não só por sua postura política e visão de mundo, mas principalmente por sua ARTE, que fala alto e posiciona de maneira eficaz contra muitas verdades incompletas e mentiras cheias contadas pelos proibicionistas e negacionistas de plantão.

Com sorriso fácil, papo rico e postura forte, ambos nos presentearam com sua amizade e nos permitiram acessá-los e continuar aprendendo sobre diversos aspectos que impactam a história da maconha no Brasil e no mundo.

Com tantas referências pesadas nessa collab, resolvemos abrir a caixa de ferramentas e não economizar em criatividade e inovação para normalizar ainda mais a pauta cannábica através da moda!

O resultado desse trabalho feito a muitas mãos, é uma camiseta em algodão estonado (super confortável), estampada em serigrafia com tinta base água (não prejudicial ao meio ambiente). Para dar vida e brilho à arte do Mestre Zanon, fortalecendo um pensamento do Gil que esvazia o racional proibicionista: Maconha? É só uma planta!

Para que a inovação e o conhecimento estejam sempre presentes nessa camiseta, ela vem acompanhada de uma tag com sementes de tomate. E que você pode picotar e plantar, para já meter a mão na terra e praticar!

Além da super diferente tag-semente, adicionamos um QR-Code estampado na própria camiseta. Ele vai te levar a um vídeo com uma entrevista do Gilberto falando sobre sua história, como convive com a doença e como a maconha contribui enormemente para sua vida.

É isso mesmo! Uma camiseta interativa!

Juntamos tecnologia e inovação com um depoimento de vida. Enriquecido pelo traço preciso e poderoso da arte, para que você possa circular pelas ruas do mundo normalizando a maconha através da moda, com uma camiseta muito especial feita com amizade, dedicação, carinho e muita session virtual para uma colab que enche todos nós de muito orgulho!

Um beijo super especial para a maravilhosa Drika Coelho que tornou tudo isso possível, sendo a sabedoria da energia feminina que juntou todas as peças desse maravilhoso projeto cannábico.

Afinal de contas, É SÓ UMA PLANTA!

Chega mais e confere a camiseta aqui!

BANZ-ai!

Eco Shoulder Bag
Eco Shoulder Bag
Dr Banz - Porque as Redes Sociais ainda banem conteúdo c4nábico

Porque as Redes Sociais ainda banem conteúdo c4nábico?

Salve Banzers!

Antes de mais nada, você sabia que as redes sociais possuem políticas duras e não (totalmente) declaradas quando o assunto é conteúdo c4nábico?

Para as marcas que dependem exclusivamente da publicação de seu material nas redes sociais, isso é um tormento.

E um tormento que muda de regras, (as famosas guidelines) constante e aleatoriamente, o que dificulta demaaaaais o trabalho de quem gera conteúdo c4nábico.

Apesar de parecer improvável, as principais plataformas desaprovam que conteúdo sobre qualquer tipo de droga legalizada ou não, seja amplamente divulgado em seus feeds.

Anunciar produtos ou marca numa rede social é um risco constante, pois você nunca sabe quando toma um shadow ban, que basicamente é quando Facebook, Instagram, Tik Tok ou qualquer uma delas simplesmente esconde seus posts, ou restringe a entrega a poucos seguidores que mais interagem com sua marca.

Uma vez que a marca recebe um shadow ban, ela tem chances reduzidas de alcance e interação de seus posts.

E sabe qual o pior de tudo?

A marca/pessoa sequer é notificada que tomou um desses, a plataforma pode simplesmente deletar seus posts se achar de um dia para o outro que seu conteúdo vai contra as regras da comunidade.

Ter a conta deletada é um dos maiores castigos aleatórios já aplicados.

Temos diversos exemplos de gente que teve a conta deletada e conseguiu voltar online, mas muita gente perdeu anos de trabalho investidos em preparação, estudo, dedicação e muito esforço para ver seu sonho rolar.

Por isso queridos Banzers, valorizem as Marcas, Artistas, Lojas, Influencers, ou quem quer que seja que gere um conteúdo canábico que SOMA!

Prestigie quem te faz aprender, rir, chorar, se indignar ou bater palmas… porque a luta e o corre são diários contra regras que mudam, onde informação é banida, pessoas são deletadas simplesmente porque falam de MACONHA!

Fortaleça para Fortalecer!

Sempre!

BANZ-ai!

Fonte

Eco Shoulder Bag
Eco Shoulder Bag
Dr Banz - Cannabis Coffeeshop Edimburgo

Cannabis Coffeeshop Edimburgo

Mesmo nos duros meses de pandemia e isolamento social, certamente nascem projetos realmente inspiradores e que precisam ser divulgados para a corrente do bem nunca parar.

Seja influenciando outros empreendedores, seja admirando e desejando total good vibes aos que iniciam nova jornada!

Em Fevereiro/21, na cidade de Edimburgo (capital da Escócia), foi inaugurado o Cannabis Coffeeshop (nome curto, mas que diz tudo!). Um charmoso all vegan spot para quem procura bebidas e alimentos com infusão de cannabis!

Atualmente o Cannabis Coffeeshop oferece café com infusão de CBD e outras bebidas quentes com infusão dos mais variados produtos recentemente legalizados no país. O cardápio ainda contará com delícias como cookies, muffins e brownies com óleo de CBD, feitos diariamente.

Segundo a gerente da loja, Kat Seale, “A resposta do público tem sido incrivelmente positiva! As pessoas primeiramente vêm pela curiosidade e depois voltam porque realmente gostaram de nossos produtos!”.

No Cannabis Coffeeshop o cliente pode pedir um café feito de grãos que passaram por infusão de cannabis ou ainda pedir uma bebida quente e por alguns centavos a mais ter algumas gotas de óleo de CBD adicionadas.

“O óleo de CBD é sem sabor, mas caso o cliente deseje experimentar existem outros produtos à disposição”, reforça Kat.

O ponto negativo citado pela gerente, “Legalmente não sou autorizada a falar dos benefícios do CBD, a legislação local não nos permite, então quando os clientes me perguntam, preciso gentilmente recomendar que façam suas próprias pesquisas”.

O público do Cannabis Coffeeshop é composto de pessoas mais jovens. Mas os mais experientes já começam a frequentar esse charmoso e aconchegante café, em busca de benefícios para a saúde.

Sensacional iniciativa!

Imagine quantas outras ideias diferentes o criativo povo brasileiro lançaria quando a legalização permitisse o surgimento de um segmento tão novo e cheio de oportunidades para criar novos negócios (pagadores de impostos), novos empregos, girar e aquecer a economia!

Ainda estamos longe disso pela mediocridade intelectual dos atuais governantes. Que sequer aceitam o debate, mas quem sabe um dia não vamos tomar um café super especial no seu novo empreendimento?

A luta não pára!

BANZ-ai!

Fontes: 01 e 02

Eco Shoulder Bag
Eco Shoulder Bag
X
Add to cart