Dr Banz - Mel de Cann4bis e seus canabinóides

Mel de Cann4bis

Salve Banzers do Mel!

Constante aprendizado e inovação são características marcantes do mercado da ganja! Produtos derivados de m4conha com as mais diferentes propostas, de diversas origens, nas mais variadas formulações, chegam ao mercado onde a legalização já rolou!

Já ouviu falar do mel de cann4bis?

Sabe-se que alguns fatores podem influenciar a variedade do mel: a localidade de onde é produzido e que tipo de flores foram alimentadas para as abelhas retirarem o pólen e o néctar.

Quando se fala de mel cann4bico, significa que as abelhas que produziram esse mel ingeriram canabinóides de alguma forma. Ou essas abelhas são alimentadas com canabinóides ou têm suas colmeias colocadas em áreas de cultivo de m4conha.

Mas e as abelhas, chapam no processo?

Não, pois não possuem sistema endocannabinóide como nós, seres humanos. Portanto não há risco de dano às abelhas que servem como conversoras e carreadoras do mel.

O mel produzido por abelhas que foram alimentadas com canabinóides, possui concentrações baixíssimas, mal chegando a 0.3% de canabinóides.

Entretanto, mesmo em baixas concentrações, os canabinóides do mel se mostraram boa biodisponibilidade, o que significa que podem ser muito bem absorvidos pelo corpo humano.

Como em momento algum há aquecimento da cann4bis, os efeitos são basicamente medicinais e não dão brisa!

Dr Banz - Mel de Cann4bis

 

 

 

 

 

 

 

 

Também existe o mel que passa pelo processo de infusão de canabinóides, ou seja, um produto completamente diferente, pois quantidades maiores de canabinóides podem ser infundidas no mel causando efeitos diferentes do mel cann4bico produzido pelas abelhas!

A prática do mel cann4abico natural surgiu em 2016, quando Nicholas Trainer, um apicultor francês que tem muito amor a uma certa erva que nós também amamos, começou os experimentos colocando suas colmeias perto de seu cultivo outdoor e aprendeu que as abelhas podiam coletar pólen e também resina das plantas de m4conha, onde o pólen era convertido em mel.

Tudo é muito novo nesse segmento, mais pesquisas são necessárias, mas já pensou poder juntar duas fortalezas da medicina natural, Mel & M4conha, em uma enorme variedade de produtos para pessoas que buscam novas fontes de energia, imunidade e saúde?

BanZZZai !!!

Fontes: 01 e 02 e 03 e 04 e 05

Eco Shoulder Bag
Eco Shoulder Bag
Dr Banz - Fundação Michael J Fox

Fundação Michael J Fox

Salve Banzers!

Para quem curte os filmes da trilogia De Volta para o Futuro, certamente vai se lembrar do Marty McFly, o protagonista do filme que ia e voltava no tempo com seu amigo Doc Brown na máquina do tempo que marcou a vida de gerações na sessão da tarde.

Bateu o flashback? Sempre bate, né?

O ator responsável por dar vida e muita personalidade ao personagem, se chama Michael J Fox e desde 1998 tornou público que sofre de Doença de Parkinson e em 2000 criou a Michael J Fox Foundation (MJFF), que é dedicada a encontrar uma cura para a doença e garantir o desenvolvimento de terapias melhoradas para os que vivem com Doença de Parkinson atualmente.

Um novo estudo realizado pela Fundação Michael J Fox , demonstra resultados de estudos prévios da Doença de Parkinson & C4nnabis, sugere que mais da metade dos pacientes participantes percebem melhora na qualidade do sono, no humor e no controle da dor.

Em Janeiro/2020 a Fundação Michael J Fox lançou uma pesquisa online (com proteção à privacidade dos participantes). E perguntaram sobre métodos de utilização da c4nn4bis e como eles afetaram os sintomas da Doença de Parkinson.

Com o passar do tempo, mais de 1.900 pacientes responderam à pesquisa e aqui estão as principais conclusões:

  • Mais da metade dos participantes relataram benefícios moderados em relação ao sono, humor e controle da dor;
  • Alguns participantes também relataram que com o uso de c4nnabis, houve diminuição no uso de medicamentos sintéticos para esses fins;
  • Mas alguns efeitos colaterais também foram relatados na pesquisa: boca seca, tontura e mudanças cognitivas;
  • 13% dos respondentes não souberam identificar de fato qual tipo de produto cann4abico utilizaram;
  • 1/3 não soube definir/medir a dose utilizada;
  • 30% disseram não ter conversado previamente com seus médicos sobre o uso de c4nnabis.

Uma das principais problemáticas encontradas, foi a de que muitos pacientes ainda sentem medo em debater o uso de m4conha com os médicos. A importância do médico que acompanha sua saúde saber dos aspectos de seus hábitos, é fundamental para a construção de alternativas e caminhos apropriados ao seu tratamento.

Por isso sempre que precisar falar de sua própria saúde, quando fechada a porta do consultório, legalize a informação!

Seja uma pessoa verdadeira sobre sua própria saúde. Para que as melhores decisões sejam tomadas com assertividade, conhecimento técnico do quadro clínico e principalmente muito respeito com seu próprio organismo!

BANZai McFlys!

Fontes: 0102

Eco Shoulder Bag
Eco Shoulder Bag
Dr Banz - É só uma planta

É só uma planta!

Salve Banzers que sabem que é só uma planta!!!

A missão do Doctor Banz certamente é contribuir para a normalização e legalização da maconha no Brasil. Trazendo informação, tecnologia e principalmente a valorização do lifestyle cannábico!

Em nosso terceiro ano de jornada, finalmente tivemos a oportunidade de fazer um projeto com duas referências importantíssimas de nossa história: Gilberto Castro e Mestre Zanon!

Eles são parte da FORÇA & RESISTÊNCIA do ativismo cannábico brasileiro! Um através dos anos de resiliência e luta pelo direito de acessar dignamente um tratamento comprovadamente eficaz para sua condição de saúde. E o outro expressando através da arte os seus posicionamentos, manifestos e gritos por liberdade que inspiram e dão voz a muitos outros artistas.

Conhecemos ambos no comecinho de nossa história, em momentos diferentes. Zanon no RJ e Gil em SP, quando tudo era novíssimo para nós, quando no começo só existia semente germinada, substrato e água!

Gilberto Castro é paciente de esclerose múltipla (doença degenerativa e irreversível). Para continuar seu tratamento com dignidade e qualidade de vida, faz uso medicinal da maconha. Foi um dos pioneiros a conquistar um habeas corpus para cultivar seu próprio medicamento em casa. E exerce seu ativismo de maneira muito positiva, levando informações e experiências que ajudam a desmistificar o preconceito em relação ao uso medicinal da cannabis.

Antonio Zanon é uma das maiores referências no ativismo cannábico brasileiro. Não só por sua postura política e visão de mundo, mas principalmente por sua ARTE, que fala alto e posiciona de maneira eficaz contra muitas verdades incompletas e mentiras cheias contadas pelos proibicionistas e negacionistas de plantão.

Com sorriso fácil, papo rico e postura forte, ambos nos presentearam com sua amizade e nos permitiram acessá-los e continuar aprendendo sobre diversos aspectos que impactam a história da maconha no Brasil e no mundo.

Com tantas referências pesadas nessa collab, resolvemos abrir a caixa de ferramentas e não economizar em criatividade e inovação para normalizar ainda mais a pauta cannábica através da moda!

O resultado desse trabalho feito a muitas mãos, é uma camiseta em algodão estonado (super confortável), estampada em serigrafia com tinta base água (não prejudicial ao meio ambiente). Para dar vida e brilho à arte do Mestre Zanon, fortalecendo um pensamento do Gil que esvazia o racional proibicionista: Maconha? É só uma planta!

Para que a inovação e o conhecimento estejam sempre presentes nessa camiseta, ela vem acompanhada de uma tag com sementes de tomate. E que você pode picotar e plantar, para já meter a mão na terra e praticar!

Além da super diferente tag-semente, adicionamos um QR-Code estampado na própria camiseta. Ele vai te levar a um vídeo com uma entrevista do Gilberto falando sobre sua história, como convive com a doença e como a maconha contribui enormemente para sua vida.

É isso mesmo! Uma camiseta interativa!

Juntamos tecnologia e inovação com um depoimento de vida. Enriquecido pelo traço preciso e poderoso da arte, para que você possa circular pelas ruas do mundo normalizando a maconha através da moda, com uma camiseta muito especial feita com amizade, dedicação, carinho e muita session virtual para uma colab que enche todos nós de muito orgulho!

Um beijo super especial para a maravilhosa Drika Coelho que tornou tudo isso possível, sendo a sabedoria da energia feminina que juntou todas as peças desse maravilhoso projeto cannábico.

Afinal de contas, É SÓ UMA PLANTA!

Chega mais e confere a camiseta aqui!

BANZ-ai!

Eco Shoulder Bag
Eco Shoulder Bag
Dr Banz - Estudo clínico c4nábico na França

Estudo clínico c4nábico na França

Salve Banzers!

Boas notícias vindas do Velho Continente, que certamente mostram uma nova perspectiva de governos antes conservadores, pesquisando sobre os benefícios do uso medicinal da c4nnabis.

O governo francês, através do Ministério da Solidariedade e Saúde, lançou um estudo clínico que tem como objetivo coletar dados sobre a EFICÁCIA e SEGURANÇA do uso terapêutico da c4nnabis.

O estudo está sendo conduzido pela ANSM (Agence Nationale de Sécurité du Médicament et des Produits de Santé), a Agência Nacional de Segurança de Medicamentos e produtos para Saúde, que primeiramente através de um programa de seleção, escolheu algumas empresas para o fornecimento dos medicamentos, sem custo algum ao governo.

O fornecimento gratuito da medicação é uma maneira de ganhar credibilidade não apenas na França, mas também em outros grandes mercados da União Europeia.

Os pacientes participantes no estudo clínico francês, foram selecionados através do diagnóstico de algumas condições:

  • Alguns tipos de epilepsia severa resistente a medicamentos convencionais;
  • Pacientes de câncer, para administração dos sintomas;
  • Dor neuropática severa, resistente a terapias tradicionais;
  • Situações de cuidado paliativo;
  • Patologias do sistema nervoso central.

Os produtos fornecidos pelo governo aos 3.000 pacientes participantes, são formulações base óleo e flores secas para vaporização, entregues através de 215 postos de saúde espalhados pela França.

Um programa obrigatório de educação voltada a médicos e farmacêuticos está em operação em todo o país.

Apesar de aprovado para início das atividades em 2019, por motivos da pandemia do Covid-19, foram postergados e iniciaram em abril/21 e os primeiros resultados dessa excelente iniciativa francesa estão previstos para o segundo semestre de 2023!

“É papel da medicina lutar contra doenças e aliviar a dor. Como médico e como ministro da Saúde, estou orgulhoso da França poder pesquisar o uso medicinal da c4nnabis e assim apoiar milhares de pacientes que enfrentam doenças severas”, Olivier Véran, Ministro da Saúde e Solidariedade da França.

Ulálá! Alle France!

BANZ-ai!

Fontes: 01 e 02 e 03

Eco Shoulder Bag
Eco Shoulder Bag
Dr Banz - Estudo comprova eficácia da cannabis em colite ulcerativa

Estudo comprova eficácia da cannabis em colite ulcerativa

Salve Banzers!

Mais notícias positivas na qualidade de vida que a cannabis pode proporcionar a muitas pessoas!

Um novo estudo israelense mostrou que 90% dos pacientes apresentaram redução dos sintomas da COLITE ULCERATIVA, principalmente a dor abdominal, após o consumo de cannabis.

Quem sofre de colite ulcerativa, sofre de uma doença inflamatória intestinal severa, crônica e não contagiosa, que se assemelha à Doença de Chron. Os principais sintomas são dores severas na região do abdômen, diarreia, hemorragias, cólica e febre.

Isso acaba privando as pessoas de uma vida social e profissional normal. Além dos inúmeros impactos na saúde intestinal do organismo, não frequentam lugares que não dão acesso a um banheiro facilmente. Isso por que o desconforto estomacal vem intenso e sem muito aviso.

De acordo com o estudo, medicações convencionais são eficazes para 50~60% dos pacientes, enquanto os pacientes participantes apresentaram melhora significativa:

  • 62% viram melhoras na atividade intestinal;
  • 54% viram diminuição da severidade de sua doença;
  • 27% viram melhora em sua qualidade de vida.

A pesquisa foi conduzida pela empresa israelense Tikun Olan, e obteve os melhores resultados com sua strain – Erez – pesquisada e patenteada para uso medicinal.

Segundo Lihi Bar-LevSchleider, chefe de Pesquisa & Desenvolvimento da Tikun Olan, “Erez, tem pontos fortes específicos, promovendo sintomas específicos como, melhora do apetite e redução de dor e náusea, foi como uma combinação perfeita aos pacientes de colite ulcerativa”.

Dos 34 pacientes participantes, 50% ainda relataram “melhora significativa nos resultados de seus exames endoscópicos de acordo com o tempo”, o que são ótimas notícias, pois um estudo de 2018 já listava a o tratamento com óleo de cannabis para melhora de sintomas da doença de Chron.

Em países onde a conscientização sobre o rico papel da cannabis e seu uso medicinal na vida das pessoas pode ser conduzido, começam a atender a necessidade de doenças específicas com strains ainda mais específicas para o uso legalizado, consciente e com resultados muito animadores!

Conhecer para multiplicar e fortalecer sempre que possível, amigos, familiares e pessoas que independente de sua origem procuram entender o importante papel medicinal que a maconha é impedida de proporcionar ao povo brasileiro.

BANZ-ai!

Fontes: 0102 e 03

Eco Shoulder Bag
Eco Shoulder Bag
Dr Banz - Maconha x Antibiótico

Maconha x Antibiótico. E agora, pode?

Salve Banzers medicados e medicadas!

Essa é, de longe a pergunta que mais recebemos aqui no Doctor Banz:

“Oi Doctor Banz! Se estou tomando antibiótico, já não posso beber, será que posso F1?”

“Doctor Banz, arranquei o dente do juízo e estou tomando antibiótico, posso torar um?”

“Salve Doctor Banz, otite pegou lascada aqui e me deram 7 dias de antibiótico, não aguento ficar tanto tempo sem banzar, o que faço?”

Que o álcool interfere na eficácia de alguns antibióticos, isso é sabido de muitos anos, por recomendação dos médicos e também da vó e da mãe!

Mas e a maconha? Posso fumar enquanto faço tratamento com antibióticos? Será que a maconha ajuda ou atrapalha os antibióticos a agirem normalmente em meu corpo?

A resposta é direta e reta…. não se sabe ao certo.

Como havia (e de certa forma ainda há) muita restrição para fazer pesquisas científicas sobre a cannabis, ainda falta muita pesquisa para entender corretamente os mecanismos que a maconha dispara em nosso organismo, não há uma resposta oficial, aquela que bate o martelo!

Primeiramente, um ponto a se deixar claro, não existe uma única pesquisa científica que condene o consumo de maconha com antibióticos simultaneamente, aliás se você pesquisar “interações medicamentosas da cannabis”, não vai encontrar antibióticos na lista.

Outro ponto importante a se considerar é, se você está tomando antibióticos por alguma necessidade médica, é porque seu organismo precisa de uma força no sistema imune e quer ele funcionando direitinho, certo?

Existem debates que alegam que a cannabis pode suprimir seu sistema imune. Já outra linha de raciocínio atesta que a cannabis pode fortalecer o sistema imune e ajudar a combater doenças!

Uma exatamente o oposto da outra, sabe por quê?

Porque anos de proibicionismo hipócrita e covarde, roubaram a oportunidade da cannabis ser pesquisada de maneira coerente, séria, imparcial e oficial para que mais de seus benefícios sejam conhecidos, divulgados e multiplicados para que cada vez mais pessoas no mundo todo possam sentir o tão procurado alívio para suas angústias e dores, sem sofrer preconceito ou ser explorada financeiramente por interesses políticos.

Dr Banz - Maconha x Antibiótico
Exemplo de como legalizar com o médico : )

Para responder a pergunta que muitos amigos e amigas nos fazem: “Posso fumar maconha enquanto faço tratamento com antibióticos?”, a evidência científica demonstra que parece não haver riscos, mas é importantíssimo legalizar com o seu médico (que tem o compromisso do sigilo profissional entre médico x paciente), para entender os prós e os contras que o seu organismo pode sentir com o consumo de maconha e antibióticos ao mesmo tempo.

Se o médico for um proibicionista, daqueles bem vendados para a realidade, sempre há a importante alternativa da segunda opinião médica!

Consciência galera! Cuide de você mesmo/mesma, legalize a informação!

Eco Shoulder Bag
Eco Shoulder Bag

BANZ-ai!

Fontes: 01 e 02 e 03

Dr Banz - Problemas para dormir? Muito prazer, CBN!

Problemas para dormir? Muito prazer, CBN!

Salve Banzers!

Se você é uma abençoada ou um abençoado que não sofre desse mal, provavelmente conhece alguém que tem dificuldades para dormir.

Sejam elas pessoas que se deitam e não conseguem dormir, ou aquelas que deitam, conseguem dormir, mas ficam naquele dorme-acorda-dorme-acorda… Em nenhum dos dois cenários a pessoa consegue ter um sono reparador, que promova o descanso ao corpo e reposição das energias.

Dentre as centenas de canabinóides existentes na maconha, o CANABINOL (CBN) não é tão famoso e nem está presente em grandes quantidades como seus irmãos THC e CBD. Mas tem papel determinante para ajudar quem sofre de algum tipo de distúrbio do sono!

O CBN é um dos canabinóides que atualmente conta com o maior número de estudos que avaliam potencial para indução do sono. Segundo pesquisas, o CBN promove relaxamento ao corpo, sem impacto negativo nas atividades diárias do dia, normalmente sentidas no uso de medicamentos sintéticos para dormir.

Além disso, o CBN já demonstrou benefícios no tratamento de pessoas que sofrem com psoríase, glaucoma, infecção bacteriana, dor… E quando o assunto é sono, o Canabinol demonstra seus melhores resultados!

Alguns estudos sugerem que o CBN só tem propriedades indutoras do sono quando associado na presença de THC, por isso, mais pesquisas e estudos são necessários para a validação dessas propriedades. Mas os resultados apresentados até o momento geram entusiasmo!

Muita pesquisa ainda será conduzida para descobrirmos e validarmos inúmeras outras propriedades da cannabis, por isso o estudo nunca para, pois para sermos entendidos de maneira mais séria, precisamos conhecer e nos atualizar sempre sobre nossa causa.

Imagina se a cannabis, através do CBN, ajuda aquele seu familiar resistente (cabeça dura mesmo) a ter um sono de qualidade e reparador?

Mais uma voz para falar a favor da cannabis!

E para cannabis, cada voz importa!

BANZ-ai!

Eco Shoulder Bag
Eco Shoulder Bag

Fontes: 01 e 02

Dr Banz - Tempestades não perdoam cultivos na Jamaica

Tempestades não perdoam cultivos na Jamaica

Salve Banzers!

Recentemente o uso medicinal da cannabis foi legalizado na Jamaica e com isso houve a regulamentação para inúmeros cultivadores que pretendem vender sua produção para a fabricação de medicamentos.

Com um dos climas e solos mais favoráveis para o cultivo do planeta, a Jamaica ainda conta com um fortíssimo elo cultural e religioso com a maconha.

Pelas condições climáticas favoráveis e pelo menor capital inicial necessário, a indústria cannábica jamaicana concentrou seus investimentos no cultivo outdoor, tinha tudo para dar certo logo de cara, mas às vezes nos esquecemos que a mãe natureza é quem manda.

Recentemente fortíssimas chuvas acertaram a ilha em cheio, causando destruição, enchentes e muitas perdas, inclusive no cultivo outdoor de maconha para fins medicinais. Além dos campos de cultivo, as estradas que conectam fazendas e cidade, foram totalmente alagadas, atrasando ainda mais a recuperação do país.

Com isso, os growers não conseguem iniciar a recuperação dos campos e prepará-los para o cultivo e o pior, não têm acesso ao fornecimento de água! A situação é complicadíssima, pois os cultivadores relatam que perderam safras inteiras para as tempestades.

Não há maconha para nada na Jamaica.

Por isso precisamos falar sobre a importância da consciência ecológica e como isso impacta todos os segmentos de nossas vidas.

As tempestades em frequência e intensidade sem precedentes registradas na Jamaica, são explicadas por cientistas que têm origem na mudança climática do planeta.

Infelizmente veremos mais mudanças como essa que trarão impactos profundos em muitos aspectos de nossas vidas, não seria diferente para o consumo da ganja.

Como diria o profeta: “So much trouble in the world”…

BANZai!

Fonte

Eco Shoulder Bag
Eco Shoulder Bag
Dr Banz - ONU retira CANNABIS da lista de substancias mais perigosas

ONU retira CANNABIS da lista de substâncias mais perigosas

Salve Banzers!

59 anos.

Demorou apenas 59 anos para que a Organização das Nações Unidas (ONU) reparasse uma das maiores mentiras já contadas para a humanidade.

Em dezembro de 2020, a Comissão de Drogas Narcóticas (CDN) da ONU, votou por remover a cannabis da lista de substâncias mais perigosas.

De acordo com o portal de notícias da ONU, após revisão de uma série de recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) da cannabis e seus derivados, a CDN votou pela decisão de retirar a maconha da lista IV da Convenção de Drogas Narcóticas de 1961!

Para que você tenha ideia do absurdo do que é esse documento, a maconha estava listada como substância de alta periculosidade sem valor terapêutico, como a heroína.

Inacreditável e Triste.

Pense em quantas pessoas ao longo desses anos não puderam receber alívio para doenças com claras indicações de ação terapêutica da cannabis.

O uso medicinal da maconha foi negado a milhares de pessoas, por uma campanha proibicionista e baseada em mentiras e jogo político.

A decisão tomada no finalzinho de 2020, abre a porta do reconhecimento das propriedades medicinais e dos benefícios que a cannabis pode proporcionar à vida das pessoas.

Depois de anos validando o negacionismo, apoiando a mentira, tirando o direito de uma alternativa medicinal efetiva para inúmeras doenças, finalmente a ONU dobra o joelho à verdade.

Um tapa na cara de terraplanistas e governantes de países proibicionistas como o nosso.

Uma vitória tardia, mas de imenso valor para a Maconha!

BANZai!

Fontes: 01 e 02 e 03

Eco Shoulder Bag
Eco Shoulder Bag
Dr Banz - CBD pode te ajudar a se livrar do cigarro

Conheça 4 formas que o CBD pode te ajudar a se livrar do cigarro!

Salve Banzeiros!

Muitas perguntas sobre como o CBD pode interferir no hábito de fumar cigarro (o industrializado, com tabaco, nicotina, alcatrão e mais de 5.000 substâncias nocivas ao corpo humano), fomos atrás das mais recentes constatações de como o Canabidiol pode ajudar nessa dura missão!

Vamos conhecer os dados mais recentes das 4 formas de como o CBD pode ajudar na missão de interromper o vício de fumar cigarros?

01) CBD ajuda contra os sintomas da abstinência do tabaco:

Saiba que a nicotina tem um potencial viciante tão grande como o da cocaína. E por isso é tão difícil largar o cigarro. Dor de cabeça, aumento da irritabilidade e do apetite, ansiedade, insônia, depressão e pressão alta são os sintomas mais comuns para quem larga o cigarro.

O CBD ajuda de fato na regulação dos ciclos acordar/despertar, dor, humor e saciedade. Combate dores de cabeça e enxaquecas, promove sono reparador e contribui na regulação da pressão arterial.

02) Cigarro de CBD ajudam a aliviar fissura no tabaco:

O hábito de pegar o cigarro entre os dedos, acender e dar aquela tragada acompanha o fumante por muitos anos e é muito difícil cortar o ritual de uma hora para outra. Mas uma alternativa (se vivêssemos num país com olhos abertos para a normalização e legalização da maconha), seria que a pessoa fumasse cigarros com alta concentração de CBD.

O simples fato de deixar de ingerir nicotina já é uma grande ajuda, portanto se precisar praticar o ato de fumar que seja de algo menos nocivo.

03) CBD te ajuda a relaxar:

O cannabidiol tem declaradamente propriedades ansiolíticas (contra ansiedade), em estudos que observaram humanos e outros animais. Sobretudo, promove relaxamento muscular e psicológico contribuindo na diminuição das crises que disparam gatilhos de volta ao hábito de fumar.

04) CBD ajuda a diminuir o consumo de cigarro de tabaco:

Em um estudo de 2013, observou-se que existe um link entre consumo de CBD x cigarro de tabaco. No estudo observaram que fumantes de tabaco conseguiram diminuir em incríveis 40% o consumo de tabaco quando consumiam CBD.

Outro ponto interessante é que o CBD diminui o prazer que o cigarro industrializado proporciona, ou seja, não vai ser tão bom fumar cigarro industrializado.

A missão de largar o cigarro não é fácil, infelizmente ainda são poucos os que abandonam o cigarro com sucesso, mas existem formas e alternativas de receber ajuda nesse desafio.

Umas delas é o cannabidiol, que se não fosse pelo preconceito, estaria contribuindo para a saúde e melhora na qualidade de vida de muitas pessoas, como vimos acima. A desinformação e a hipocrisia dos governantes em manter todo um estigma sobre a pauta cannábica é um dos maiores desserviços à Saúde & Pesquisa do Brasil já visto na história.

Informação é nossa primeira e mais forte arma contra isso!

Eco Shoulder Bag
Eco Shoulder Bag

BANZai!

Fontes: 0102 e 03

X
Add to cart