Cannabis e o ciclo menstrual

Cannabis e o ciclo menstrual

  • Cannabis e o ciclo menstrual

Salve Banzers Girls!

Acompanhamos muitas novidades nas pesquisas cannábicas, mas até agora pouquíssimas deram o enfoque exclusivo aos efeitos da cannabis nas mulheres.

Foi nessa brecha que a estudante canadense Kayla Joyce da Dalhousie University, na província de Halifax/ Canadá, ao lado de sua tutora Sherry Stewart, resolveram preencher as lacunas da pesquisa cannábica que não levam em consideração as diferenças físicas entre homens e mulheres. Especificamente, em como a maconha afeta as mulheres nas diferentes etapas do ciclo menstrual.

“Muita pesquisa sobre os efeitos é feita, mas a esmagadora maioria com pacientes do sexo masculino. Muitas participantes da minha pesquisa relatam que procuraram estudos que falam sobre o uso da cannabis e outras drogas por mulheres, mas nunca encontram nada e essa é a razão principal que muitas delas querem fazer parte disso!”

Para o estudo foram reunidas 80 mulheres dos 19 aos 45 anos, que manterão registro da quantidade de cannabis consumida num período de 32 dias, assim como anotações sobre stress, humor e o ciclo menstrual.

“Queremos agrupar todos os dados coletados e agrupá-los para oferecer uma ferramenta para que as mulheres possam aprender mais sobre diferentes impactos da cannabis na vida das mulheres”.

Pesquisas anteriores determinaram que existem sim comportamentos diferentes de consumo de cannabis entre homens e mulheres. Observou-se que mulheres tendem a consumir doses menores de cannabis (mas nós conhecemos umas leoas que provam o contrário, kkk)!!!

Por isso seria muito válido entender e conhecer a diversidade dos impactos da cannabis de maneira mais clara. Tanto para homens como para as mulheres!

Conhecimento é Respeito! Certo, minas?

Banzai!

Fonte: https://www.thestar.com/news/cannabis/2018/11/04/dalhousie-student-researching-cannabis-use-across-menstrual-cycle-hopes-to-build-educational-tool-for-women.html

Shoulder Bag de Cânhamo do Dr. Banz

Post 68 - Planet Hemp

Planet Hemp – Adivinha Doutor quem está de volta na praça?

Salve querida esquadrilha da fumaça!

O Planet Hemp definitivamente está de volta na praça!

Filme, livro, 25 anos, tour, entrevistas….de fato, nunca vimos tanto do Planet como nos últimos meses.
Os 25 anos de carreira certamente celebram a história do Planet Hemp de maneira verdadeira, sincera e pagam tributo a banda mais “True Cannabic Lifestyle” do mundo!

Porque ser Cypress Hill nos EUA é uma coisa (jamais desmerecendo!), mas ser Planet Hempah no Brasil é outro rolê!
O filme “Legalize Já – A amizade nunca morre”, estreou em diversas salas espalhadas pelo país no dia 18/out e conta os primeiros passos da banda nos idos de 93, dirigido por Johnny Araújo e Gustavo Bonafé, com gratas interpretações de Renato Góes e Ícaro Silva que tiveram uma química realmente muito boa para interpretar Marcelo D2 e Skunk.

Em Dez/18 será lançado oficialmente o livro “Planet Hemp: Mantenha o Respeito”. Do escritor Pedro de Luna, traz curiosidades e histórias inusitadas da banda ao longo desses 25 anos de história.

Enquanto o filme enfoca a amizade entre Skunk e D2, o livro mostra que o papel da banda era realmente de vanguarda no debate sobre a legalização da maconha. E também sobre a liberdade de expressão e protesto ao momento político do Brasil.

Tudo isso através do relato de histórias que o autor coletou através de pesquisas e entrevistas com todos os integrantes que passaram pela banda.

Além disso a tour do Planet Hemp anda disputada e fãs andam lotando as apresentações como forma de homenagem aos 25 anos de estrada!

Recentemente um show antológico na Fundição Progresso/ RJ, com lotação máxima. Bombou na net, (logo após as eleições) quando na abertura anunciou a “Sai o Vampiro, entra o Demônio!”.

Agenda Planet Hemp

Então meus amigos, não percam a oportunidade de prestar sua homenagem aos 25 anos da banda.
Banda que inegavelmente mais lutou, defendeu, divulgou, abraçou e aguentou as broncas do lifestyle cannábico.
E se liguem na agenda de shows do Planet Hempah!!!!!!!

  • 24/ Nov – Festival Afro System/ Club Aramaçan, Santo André/ SP
  • 01/ Dez – Festival Rock the Mountain/ Estrada União e Indústria, Itaipava/ RJ
  • 08/ Dez – A.A. Portuários, Santos/ SP

Banzai!

Shoulder Bag de Cânhamo do Dr. Banz

Cannabinóides podem ajudar na luta contra o câncer

Cannabinóides podem ajudar na luta contra o câncer

Hello Banzers! 

Novidades com embasamento científico sobre os efeitos dos Cannabinóides (cannabis medicinal) chegam da Inglaterra! Já ouvimos falar sobre informações que nunca haviam sido comprovadas e geravam muita desconfiança e incredulidade nas pessoas. Mas pesquisadores descobrem que cannabinóides podem ajudar na luta contra o câncer.

Um artigo publicado no British Journal of Pharmacology (Jornal Britânico de Farmacologia), sugere que certos cannabinóides podem combater células cancerígenas. Aliás, os pesquisadores disseram que “cannabinóides podem impedir que células doentes se dividam e invadam tecido saudável e podem bloquear o suprimento de sangue aos tumores”.

O autor do estudo, Professor Dr. Burkhard Hinz, da Rockstock University Medical Center na Alemanha, acredita muito no potencial médico da cannabis, afirmou ainda que “alguns cannabinóides podem ajudar a melhorar a imunidade frente ao crescimento e a multiplicação dos tumores”.

No entanto, isso não significa que as pessoas devam abandonar seus tratamentos médicos. Ou seja, que comecem a fumar maconha para se livrar do câncer. Através de mais estudos científicos, os pesquisadores querem aferir como os medicamentos e a cannabis, administrados em conjunto, serão efetivas no tratamento. Outros estudos sugerem que a cannabis possa realmente ser útil no tratamento do câncer. Mas essa é uma área que precisa de muita pesquisa e experimentação.

O Professor Burkhard Hinz concluiu: “Precisamos urgentemente de estudos científicos para investigar o impacto dos cannabinóides no crescimento do câncer e a resposta dos pacientes”.

A proposta do Dr Banz sobre a cannabis medicinal é sempre trazer informações atualizadas sobre os avanços na pesquisa científica, multiplicando conhecimento e informação!

Banzai!!!

Fonte: https://nypost.com/2018/07/18/marijuana-may-help-fight-cancer/

Shoulder Bag de Cânhamo do Dr. Banz

Hollyweed Banzers - Cameron Diaz

Hollyweed Banzers: Cameron Diaz

Salve Banzers, chegou a hora de falarmos da querida Cameron Diaz !!!

Vamos com mais um capítulo da nossa coluna sobre cinema com uma pitada banzística! Artistas que de alguma forma possuem uma relação (declarada ou não) com nossa querida ganja, aparecem semanalmente nos posts do Dr Banz causando admiração pelo engajamento (veja posts anteriores em nosso blog: Megan Fox, Jennifer Aniston) ou espanto (nem sabia que esse Mathew McCounaghey fumava!).  

Alguém aqui assistiu “As Panteras (Charlie´s Angels)”, “Quem vai ficar com Mary? (There´s Something About Mary)”, Vanilla Sky? Mas quem curtiu (na brisa ou não), “Medo e Delírio em Las Vegas (Fear and Loathing in Las Vegas)”, “Gangues de Nova York (Gangs of New York)” e “Quero ser John Malkovich (Being John Malkovich)”?

Cameron Diaz

De origem cubana do lado paterno, seus avós emigraram de Cuba para os Estados Unidos e eram descendentes de espanhóis. Do lado materno, ela é descendente de ingleses, alemães, holandeses e índios. Essa mistura de sangue, culturas, ritmos, sorrisos e amor à vida, fazem de Cameron Michelle Diaz, uma das grandes atrizes de sua geração! Nascida em 30 de agosto de 1972, na belíssima San Diego, California, ela nunca teve dificuldades de falar sobre maconha.

“Quando eu era mais jovem adorava ir a praia, mas demorava quase duas horas de ônibus para chegar lá, comia um hot dog e depois sobravam US$2 para um baseadinho, ficava lá o dia todo”.

“Frequentei o colégio  Long Beach Polytechnic High School com o Snoop dogg, lembro bem dele, era altão e magrelo, cheio de trancinhas.. .comprei paranguinhas com ele!”.

Em 2007 foi fotografada com sua amiga Pantera/Angel, Drew Barrymore, fumando um na praia de Malibu. Good Times!

Cameron é uma de nossas queridas Hollyweed Banzers por ser uma excelente atriz. Além disso, divertida, espontânea e cheia de vida. Acima de tudo, pelo simples fato de fumar maconha, não se esconder. Ao mesmo tempo que leva uma vida profissional bem-sucedida, livre para fazer escolhas para sua própria vida!

Cameron Diaz, nosso BANZAI para você!

Óleo de Cannabis na Inglaterra

Momento cannábico histórico na Inglaterra – Legalização

Momento cannábico histórico foi registrado semana passada na Inglaterra.

Isso aconteceu, quando a mãe do pequeno Alfie Dingley, de apenas 6 anos, pousou no aeroporto London City. Ela veio em um vôo que partiu de Amsterdam com o intuito de trazer um medicamento importantíssimo para seu filho. Oficialmente essa foi a primeira vez que alguém trouxe óleo de cannabis legalmente para o Reino Unido.

Novos tempos, novos ventos… meus queridos Banzers!

Com uma liberação de emergência emitida pelo Ministério da Saúde, no dia 19 de Junho, Hannah Deacon pousou em solo britânico com um estoque de 5 meses para o tratamento de epilepsia de seu filho. No desembarque, declarou ao jornal The Independent.: “Hoje, pela primeira vez foi trazido óleo de cannabis legalmente, o que é incrível! É muito, muito importante que meu filho tenha uma vida normal e feliz! É um momento especial para nós da família e principalmente para ele!”.

Mas no mesmo dia que a Sra Deacon pousava em Londres, outra notícia foi divulgada. Uma garotinha de 6 anos do norte da Irlanda, Sophia Gibson, foi internada em coma induzido por crises convulsivas severas. A família Gibson ainda aguarda a emissão de sua liberação de emergência para acessar o óleo de cannabis que pode salvar a vida da pequena Sophia.

No mês passado, críticos e a imprensa protestaram contra o Ministério da Saúde por confiscar óleo de cannabis de Charlotte Caldwell. Isso por que ao chegar na alfândega vinda num vôo do Canadá, declarou trazer óleo de cannabis para tratamento medicinal. Ela não tinha sua liberação de emergência e consequentemente, teve todos os seus frascos confiscados.

Quando tomamos conhecimento de casos como o de Alfie e Sophia, nos revoltamos com a morosidade dos processos que envolvem a legalização do uso medicinal da cannabis. Porém, precisamos manter o assunto em pauta e acima de tudo, conhecer outras realidades. Tudo isso com a finalidade de gerar discussões para não deixarmos essa brasa apagar!

Dr Banz sempre divulgando benefícios, informações, curiosidades e principalmente atualizações sobre a cannabis medicinal, aqui e fora do Brasil. Banzai!

Fonte: https://www.ganjapreneur.com/mother-carrying-epilepsy-medication-is-first-person-to-bring-cannabis-legally-into-uk/

Óleo de CBD nos esportes (Big3)

CBD – Óleo de CBD será permitido na liga BIG3

No mês de junho de 2018, a liga de basketball 3-on-3 (BIG3), anunciou que seria a primeira liga de esportes profissionais nos Estados Unidos a permitir o uso do óleo de CBD para o controle de dores musculares e ósseas de seus atletas.

Normalmente atletas da BIG3 são ex-jogadores da NBA. Portanto, são astros do passado como Chauncey Billups, Mike Biby, Nate Robinson, entre outros veteranos.

No início desse ano o CBD foi retirado da lista de substâncias proibidas da WADA (World Anti Dopping Agency, maior autoridade mundial no controle do dopping esportivo). Contudo, o CBD continua banido de todas as outras ligas por seus regulamentos e não pela regulamentação do órgão máximo.

No segundo ano de operações da liga BIG3, a medida é de caráter instantâneo e definitivo já para a competição desse ano. Vale lembrar que o THC continua banido da lista da WADA.

A BIG3 foi fundada pelo executivo Jeff Kwatinetz e o rapper + ativista cannábico, Ice Cube.

Quem aqui curte esportes, sabe quantos dias aquela pancada, ou aquele último pique podem custar para melhorar. Porque não permitir o alívio das dores e um tratamento mais efetivos a atletas profissionais?

Dr Banz nas quadras, campos e pistas! Acima de tudo, óleo de CBD para o tratamento de dores de maneira efetiva!

Banzai !!!

Shoulder Bag de Cânhamo do Dr. Banz

10 Fatos Históricos sobre o Cânhamo

Cânhamo – 10 fatos históricos sobre a erva

Hoje o Dr Banz quer enriquecer seu conhecimento cannábico e falar sobretudo de alguns fatos históricos e curiosidades sobre o CÂNHAMO!

O cânhamo (hemp) é o nome comum de plantas do gênero Cannabis, com índices baixíssimos de THC, portanto não dá barato. O cânhamo industrial é multiuso no mercado, como têxtil, papel, plásticos biodegradáveis, construção, saúde, alimento e combustível. Certamente está entre as plantas com desenvolvimento mais rápido conhecido e foi uma das primeiras plantas “domesticadas” pelo homem.

Portanto, conheça agora, 10 fatos fantásticos sobre o cânhamo e sua história:

1. Todos os cadernos e livros utilizados nas escolas americanas eram feitos de papel de cânhamo até 1880;

2. Os registros mais antigos de seu cultivo datam de 5.000 anos atrás na China, o uso industrial foi identificado no antigo Egito;

3. Nos EUA, a recusa em cultivar  em suas próprias terras era considerado crime;

4. George Washington e Thomas Jefferson cultivavam e contrabandearam sementes da China para a França e depois para os EUA;

5. As primeiras bíblias, mapas, gráficos e bandeiras eram feitas principalmente de cânhamo;

6. Por milhares de anos, 90% de todas as cordas e velas de qualquer embarcação eram feitas de cânhamo;

7. Até 1880, quase todos os tecidos, fibras, lençóis, fronhas, produzidos eram feitos de nossa planta querida;

8. Mestres da pintura como Rembrandt, Van Gogh e Gainsborough pintaram todas as suas obras em telas de (advinhem o que? kkk);

9. Para produção de papel, 4 km2 de árvores produzem a mesma quantidade de papel que 1 km2 de maconha, (portanto, chega de desmatamento!);

10. O primeiro carro de Henry Ford, o Modelo T de 1928, rodou sob combustível e com painéis de plástico de cânhamo tão resistentes quanto o aço;

Enfim, esperamos que tenha curtido conhecer um pouco mais sobre o HEMP!

Já conhece a Shoulder Bag do Dr Banz feita a partir de fibra de cânhamo + algodão? Adquira a sua aqui!

Banzai!

Shoulder Bag de Cânhamo do Dr. Banz

Hollyweed Banzers - Matthew McConaughey

Hollyweed Banzers: Matthew McConaughey

Hello Banzers !!! Hoje é dia do Dr Banz falar de um grande astro de Hollyweed que também é chegado na nobre arte de banzar! Matthew McConaughey.

Casado com uma brasileira há 6 anos, está frequentemente passando férias em Minas Gerais, terra natal da ex-modelo brasileira Camila Alves e já se considera “um pouco” brasileiro. No começo de sua carreira interpretou um surfista chapadaço em “Jovens, Loucos e Rebeldes” (Dazed and Confused, 1993) e dentre os maiores sucessos de sua carreira estão O Massacre da Serra Elétrica” (Texas Chainsaw Massacre, 1995), “Como Perder um Homem em 10 dias” (How to Lose a Guy in 10 Days, 2003), “Interestelar” (Interstelar, 2014), “True Detective (2014, série da HBO, onde ele entrega uma bela atuação) e Clube de Compras Dallas, (Dallas Buyers Club, 2013), quando finalmente ganhou o Oscar como melhor ator.

 

Considerado um dos homens mais sexy da face da Terra, Matthew David McConaughey nasceu no Texas, em 4 de novembro de 1969. No distante ano de 1999, quando a repressão era bem mais forte em qualquer parte do mundo, Matt recebeu a polícia em sua casa por incomodar vizinhos às 02hs da manhã, enquanto tocava bongô completamente nu. Até aí nada demais, até que encontraram seu banza… não deu outra, preso por posse de entorpecentes. Perguntado se ainda continua fumando seu banza, ele prontamente respondeu: “Mas é claro! Nunca deixaria de tocar meu bongô pelado!”.

Em maio de 2018, McCounaghey disse numa entrevista que durante as gravações de seu novo filme onde contracena com seu amigo nada paloso Snoop Dogg, o rapper trocou a maconha “fake” que seria fumada numa cena, por maconha “real”. “De repente ouvi Snoop gritando: Yo, isso não é um banza de cenário, isso é um banza mágico do Snoop!”, e posso dizer que as 9 horas seguintes foram muito divertidas, muita risada e sinceramente não acho que estávamos falando inglês, era qualquer outra coisa menos inglês!”.

Matthew continuará inundando os sonhos mais quentes de seus fãs em cenas onde frequentemente aparece sem camisa e quem sabe não toca um bongô do jeito que veio a essa terra de Jah!

Banzai Matt!

Pot in Rio 2018

Dr Banz cruzou fronteiras estaduais e esteve presente no Pot in Rio 2018

Hello Banzers !!!
Nos dias 07 e 08 de julho a galera do Dr Banz cruzou fronteiras estaduais. E sim, esteve presente num dos eventos mais “banza roots” da cena cannábica brasileira. O Pot in Rio, que aconteceu no Scala Rio na Cinelândia, centro da capital carioca.

Em sua sexta edição, o Pot in Rio 2018 promoveu um encontro entre as maiores marcas cannábicas do Brasil. E claro, o público que veio de diversos lugares para conhecer as novidades. Com o intuito de prestigiar o evento e principalmente fortalecer o movimento.

Familia Pot in Rio

Foi um encontro (sem nenhum incidente, graças ao bom Jah!), onde consumidores puderam conhecer novidades, como por exemplo o Bud Cutter da @yellowfinger_piteiras (já testamos e é fantástico!), as sedas aromatizadas da @lionrollingcircusrj (compramos a de morango e é suave na medida certa!), a novíssima OCB Ultimate (segundo o fabricante @ocb.brasil, a seda mais fina do mercado!), o case da @pufflifebr (discreto e muito funcional!), a vibe super positiva dos produtos do @senhordobonfino, o moderno dichavador da @kingsco_oficial, a simpatia do pessoal da @zioncoffeeshop organizando diversos sorteios, a @ganjahlapa que falou um pouco de sua história, o conhecimento adquirido com a @smartgrownutrients, @slowburningoficial com seu portfolio que é quase um arsenal, além de ter o privilégio de conhecer e aprender com os mestres da @squadafum sobre os bongs de vidro mais sensacionais do país!

Muito conteúdo importante sendo divulgado no stand do @hempadao (compramos a edição da “Copa do Mundo da Maconha”!). Além de muita informação sobre legalização e movimento anti-proibicionista!

Também acompanhamos o desfile da nova coleção de camisetas “Strain Collection” da @smokebuddies_oficial, com estampas sensacionais desenvolvidas pelo mago artista @zanonart, que de maneira muito feliz traduziu em arte visual contemporânea, diversas strains que povoam nossos sonhos!

Tentamos conversar com todos os expositores, sem atrapalhar o movimento do stand e os negócios mas não rolou dessa vez, mas merecem menção honrosa para @papelitobrasil (que puta stand!) @rawbrasil @realidadecanabica @tatudobemtabacaria @aledaoficia  @veraodalata420 @sedinabrasil @vapokings @purplefire @bembolado @kaayan.brasil @behappytabacaria @blocoplantanamente @megagrow @thehighconnectionbr @playmogilgr @gudanggarambr @jacare_azul @baseadonocotidiano

Conclusão

A experiência de participar de um dos maiores eventos voltado ao lifestyle cannábico é sensacional. E o que mais causa admiração e espanto é a broderagem com que todos se tratam. Todos se ajudam e principalmente todos se respeitam!

Parabéns a todos os organizadores, (@serpa_pablo) sabemos da luta e das dificuldades de botar um evento do porte do @potinrio_producoes de pé!

A todos vocês, o nosso mais alto, forte e sincero: BANZAI!!!

Proposta de legalização do cânhamo avança no Senado Americano

Proposta de legalização do cânhamo avança no Senado Americano

O cânhamo (hemp), prima da cannabis mas sem as propriedades psicoativas, havia sido considerada como ilegal desde 1937. Seu plantio foi banido e deu espaço para outros cultivos (como o algodão por exemplo) ao longo dos anos.

Na última quinta-feira, 28 de Junho de 2018, o Senado Americano aprovou o andamento do projeto de legalização do plantio do cânhamo para fins agrícolas! O projeto pede que o cânhamo seja retirado da lista de substâncias controladas e receba autorização para ser plantado e comercializado.

O senador pelo estado de Kentucky, Mitch McConnel, idealizador do projeto disse:

“Por muito, muito tempo, o governo impediu o cultivo de cânhamo e esse é o momento de cultivadores de meu estado se tornarem novamente líderes no plantio e produção de cânhamo.”

O comitê do Senado de Agricultura, Nutrição e Plantio, já deu parecer positivo sobre o alto potencial econômico do cânhamo. O projeto ainda passará por mais duas sessões de votação em outras esferas do governo. Para então chegar ao presidente Donald Trump para a legalização oficial de plantio e comercialização do cânhamo nos Estados Unidos.

Concluindo

Trata-se de um grande passo para que o cânhamo possa mostrar todo seu potencial de uso mais racional das reservas naturais do solo. Já que é ecologicamente muito mais vantajoso que o algodão na indústria têxtil. Portanto pode proporcionar recuperação de solos desgastados, pode ser convertido até em combustível, dentre muitas outras formas de utilização.

Você já conhece nossa Shoulder Bag feita a partir de uma mescla de tecido de cânhamo e algodão orgânico? Ela é super bonita e moderna. Perfeita para te acompanhar no dia a dia, nas viagens, nas baladas, onde quer que você vá e precise ter a certeza que todos os seus apetrechos estejam com você e bem guardados! Confira em nossa loja

O Dr Banz sempre estimulará o debate sobre temas do universo cannábico, seja ele sobre o uso medicinal, social e até mesmo o industrial. Traremos muita informação e conteúdo atualizado para que você seja um Banzer antenado que sabe o que fala!

Banzai!

Shoulder Bag de Cânhamo do Dr. Banz

X
Add to cart