Estudo científico comprova a efetividade do CBD nos distúrbios convulsivos

Estudo comprova eficácia do CBD nos distúrbios convulsivos

Excelentes notícias na área medicinal, Banzers!
Um estudo científico conduzido pela Universidade do Alabama Birmingham demonstrou que o CBD (cannabidiol) é um tratamento eficaz nos distúrbios convulsivos não tratáveis com métodos tradicionais.

Os resultados foram publicados no Jornal da Epilepsia e Comportamentos. De acordo com esse estudo, o CBD reduz efeitos adversos e severidade da convulsão. Há indícios que levem a crer que o CBD também promove redução na frequência das crises. Foram envolvidos 132 pacientes, 72 crianças e 60 adultos diagnosticados com epilepsia severa não responsiva a outras medicações.

Alguns resultados muito interessantes foram atingidos. Primeiramente, a frequência média de convulsões no início da pesquisa era de 144 crises no intervalo de 15 dias. Após 12 semanas sendo acompanhados no estudo, a média de crises reduziu para 52 no mesmo intervalo de 15 dias.

“É um resultado altamente significativo na redução do número de convulsões alcançada pela maioria dos pacientes, 2/3 de todos os participantes do estudo.” Professora Martina Bebin, do Departamento de Neurologia da Escola de Medicina do Alabama.

Esses excelentes resultados chegam juntos à aprovação do FDA para um medicamento industrializado de uma droga derivada da cannabis, o Epidiolex. (Saiba mais sobre esse medicamento nesse nosso post)

A torcida é grande para vermos cada vez mais comprovações científicas sob o mesmo ponto de vista.  Isso por que sem dúvida, elas nos ajudam a desmistificar o conceito errôneo que maconha só tem malefícios.

Banzai!

Estudo científico comprova a efetividade do CBD nos distúrbios convulsivos

Shoulder Bag de Cânhamo do Dr. Banz
Shoulder Bag de Cânhamo do Dr. Banz
CBDxTHC - Conheça a diferença entre eles

CBDxTHC: A diferença entre os canabinóides mais conhecidos

CBDxTHC!

Saber a diferença entre esses 2 canabinóides é muito importante para entender como eles agem no seu organismo. THC e CBD são os canabinóides mais conhecidos produzidos pela cannabis. Mas entre as duas substâncias, qual é a melhor para você?

O legendário THC que proporciona sensações maravilhosas ou o CBD que por suas características medicinais vêm ocupando cada vez mais a preferência dos consumidores?

No uso medicinal

A diferença entre CBDxTHC no uso medicinal é muito importante, ambos os cannabinóides oferecem benefícios terapêuticos assim como medicinais. O CBD oferece esses benefícios sem os efeitos psicoativos e por essa razão se torna uma excelente opção para os pacientes que não desejam “a brisa” do THC. Em alguns lugares onde a legalização medicinal já é vigente, a produção de produtos à base de CBD só é permitida desde que não haja traços de THC.

Efeitos mentais e emocionais

Para muitos consumidores de cannabis, o THC produz uma série de efeitos muito prazerosos, desde o bom humor, estímulo sensorial e até a sensação de melhora cognitiva. Já o CBD não produz nenhum efeito emocional ou mental isoladamente, porém influencia o THC diretamente em como produzir os efeitos citados acima. O CBD pode ainda agir como contrapeso para equilibrar e balancear uma reação mais forte ao THC. E o inverso também é verdadeiro quando se busca justamente um efeito mais potente do THC.

Efeitos físicos e terapêuticos

Para quem utiliza a cannabis socialmente e busca efeitos mais focados no corpo, podem se beneficiar dos efeitos do CBD. Ele possui um efeito calmante no corpo, reduz inflamações e auxilia no tratamento da dor bloqueando os receptores responsáveis.

Benefícios na saúde

Quando falamos sobre benefícios na saúde, a diferença entre o CBDxTHC é justamente em qual parte do organismo eles atuarão. Em nosso organismo, os receptores endocannabinóides que se ligam ao CBD estão espalhados por nosso sistema nervoso central e concentrados no baço. Por outro lado, os receptores THC estão concentrados no cérebro. Sob esse aspecto o CBD pula na frente, pois promove proteção às células, especificamente as células nervosas, de deterioração provocada por inflamações.

Sintomas tratáveis

O THC também possui atividade anti-inflamatória. Isso é ótimo para o tratamento de dores, uma das principais indicações do Tetrahidrocannabinol. Pelo fato dos receptores endocannabinóides estarem concentrados no cérebro, muitos dos benefícios do THC são liberados localmente. E um dos papéis mais importantes do THC é ajudar no tratamento de problemas mentais e cognitivos, causados por doenças. Por exemplo, doenças crônicas e severas podem causar ansiedade e depressão e podem ser amenizadas pela euforia causada pelo THC.

Conclusão: CBD ou THC?

A resposta é CBD + THC! Isso mesmo. CBD e THC possuem efeitos complementares e isso não é o resultado de uma competição entre os dois canabinóides. É o resultado de ambos trabalhando JUNTOS! Ao mesmo tempo que o CBD pode atuar amenizando os efeitos mais fortes do THC em contrapartida, alguns efeitos do CBD podem ser potencializados quando consumidos junto ao THC.

Essa relação de cooperação entre os canabinóides é chamada de “Efeito Entourage” ou “Efeito Conjunto”. Isso significa que os canabinóides alcançam seu potencial máximo quando operam juntos!

O Doctor Banz trará uma série de artigos sobre as principais diferenças entre os canabinóides mais famosos da nossa querida planta, portanto fique ligado! Conhecimento e esclarecimento são a chave para que cada vez mais pessoas entendam o motivo de nossa luta!

Banzai!

Shoulder Bag de Cânhamo do Dr. Banz

X
Add to cart