Dr Banz - CBD Skin Care

CBD Skin Care

Salve Skin Banzers!

A PELE é de fato o maior órgão do corpo humano e também um dos mais maltratados ao longo dos anos. Falta de hidratação, exposição inadequada/exagerada ao Sol e manchas causadas pela “morte” de algumas células são alguns dos problemas mais comuns.

Se fosse apenas um problema estético, certamente as medidas corretivas seriam menos complexas. Mas a questão é que nunca houve tamanho crescimento na incidência de diversos tipos de câncer de pele na população mundial.

Por causa do boom gerado pela atenção e cuidados com a pele, surgem inúmeros produtos cannábicos de skin care. Para redução/amenização de sinais de idade ou simplesmente para você melhorar sua auto-estima.

ENTÃO QUER DIZER QUE MACONHA COMBATE CÂNCER DE PELE? NÃO.

Quer dizer que o CBD (canabidiol, sem efeitos psicoativos) como ativo em formulações de produtos skin-care (ingeridos ou aplicação sobre a pele), promove benefícios naturais contra acne, rugas, linhas finas e imperfeições da pele, que antes não eram explorados pela falta de comprovação científica pelos anos de negacionismo, preconceito e de certa forma, pela proteção à poderosa indústria farmacêutica de dermocosméticos.

Num passado nada distante, produtos com CBD que eram encontrados em sites específicos, atualmente ultrapassaram a hipocrisia e o preconceito e estão à disposição de grandes supermercados em países que já vivem os dias da legalização há mais tempo.

Saiba que o CBD interage com nosso sistema endocannabinóide e se liga ou interage com uma série de receptores com as mais variadas funções que impactam nos cuidados da pele. Pesquisa revela que os efeitos mais notáveis do CBD são: ação antioxidante nos radicais livres (que aceleram o envelhecimento da pele), por ter características anti-inflamatórias de maneira geral e por ter propriedades antimicrobianas e antioxidantes que ajudam muito em casos comuns de irritação da pele.

Dr Banz - CBD Skin Care

Skin Care – Rugas e Linhas Finas

Sinais de envelhecimento como, linhas finas, rugas e manchas escuras, normalmente são causados pelos radicais livres acumulados em nosso organismo, que podem vir da exposição ao Sol, outros fatores ambientais e do hábito de fumar.

Atualmente, cada vez mais estudos mostram que o CBD pode reduzir esses radicais livres e o stress oxidativo causado pelo próprio envelhecimento.

  • O efeito anti-inflamatório do CBD, diminui o inchaço que normalmente produz rugas e linhas finas;
  • O CBD naturalmente promove uma melhora na circulação sanguínea, isso melhora a saúde das células, reduzindo a alterações na coloração da pele, como manchas mais escuras;
  • Nossas glândulas da pele mantém a pele hidratada, com o envelhecimento natural, essas glândulas “secam” naturalmente causando mais sinais da idade a pele. O sistema endocannabinóide auxilia na produção de óleo e a interação com o CBD promove essa produção para melhorar a hidratação.

Acne e Imperfeições da pele

Em qualquer idade, a acne pode causar um estrago na pele, especialmente das meninas. Infelizmente, condições como psoríase, rosácea, eczema, vermelhidão e erupções na pele possuem poucas opções de tratamento e muitas delas giram em torno de alimentação, condições climáticas, hereditariedade, condições hormonais e outros fatores. É muito trabalhoso cuidar dessas condições diariamente, exige muito.

Mas estudiosos alegam que os efeitos reparadores naturais do CBD podem ajudar muito!

  • Um estudo em 2017 comprovou que o CBD pode inibir a proliferação de queratinócitos, causa primária da psoríase;
  • Por ter efeito antimicrobiano, o CBD proporciona um efeito calmante na pele “anti-coceira” para casos de eczema e psoríase;
  • Outro estudo (2014), demonstrou que o CBD evita que a pele produza sebo (hidratação natural da pele) em excesso, evitando entupimento dos poros causando acne.

Talvez essas informações ajudem na próxima compra do seu “kit skin care”, mas que tal compartilhar esse conteúdo com quem você sabe que passa por dificuldades para cuidar da pele? Levar informação a quem precisa, pode ajudar não apenas na saúde da pele, mas também na saúde psicológica de quem quer se sentir bem.

Eco Shoulder Bag
Compre sua Eco Shoulder Bag

Bora nessa? BANZ-ai!

Fonte

Dr Banz - Maior Dr Banz - Ondara. Maior estufa de rosas da Europa muda produção para Cannabis de rosas da Europa muda produção para Cannabis

Maior estufa de rosas da Europa muda produção para Cann4bis

Salve Banzers!

Recentemente, a cidade de Garray, na província de Soria, na Espanha, viu a maior estufa de cultivo de rosas da Europa, que era instalada no município, encerrar suas atividades.

Infelizmente, a antiga empresa proprietária, Aleia Roses, faliu e com isso mais de 270 pessoas perderam seus empregos. Para uma cidadezinha de 730 habitantes, um duro golpe que seria certamente o fim do povoado.

Seria, se não fosse a c4nn4bis.

Mas a empresa Ondara adquiriu as operações e instalações da Aleia Roses e desde de Fevereiro/21 vinha trabalhando com as rosas e outros cultivos compatíveis.
Mas em Agosto/21, recebeu da AEMPS (Agencia Española de Medicamentos y Productos Sanitarios) licença para o cultivo de 3 hectares (1 hectare = 10.000m2) de c4nn4bis para fins medicinais ou científicos!

Dr Banz - Maior estufa de rosas da Europa muda produção para Cannabis

 

Sara Lamata, porta voz da Full Moon, que é o fundo americano que investe na Ondara, disse que “o negócio tem potencial para atender clientes farmacistas na Inglaterra e Alemanha e se formos bem, o plano é expandir, temos mais 11 hectares para crescer. Utilizar todo nosso potencial, significaria dobrar a produção atual de toda Europa”.

Importante ressaltar que outras 9 licenças para cultivo medicinal e científico foram emitidas para outras empresas e quem comemora é o senhor Maria Jose Jimenez las Heras, prefeito do município de Garray, “Estamos recebendo muitas pessoas de outros municípios pelas vagas de emprego aqui em Garray, para as pessoas não importa o produto e sim o trabalho. O compromisso de todos é sermos referência no mercado de c4nnabis como fomos no mercado de rosas”.

Vocês já pararam para pensar quantas cidades ganhariam novas perspectivas, ou quantos empregos seriam criados, ou quantas famílias poderiam continuar tirando seu sustento de um trabalho digno se a visão em relação à maconha fosse diferente em nosso país?

Arriba Garray!!!

Fonte

Eco Shoulder Bag
Compre sua Eco Shoulder Bag
Dr Banz - O BHO

O BHO

Salve Extraction Banzers!

Dentre as muitas formas de extrações, o BHO (BUTANE HASH OIL) é uma das favoritas entre a galera que ama os concentrados.

Principalmente pela potência e pureza dessa extração, o BHO tem diversas apresentações, você já deve ter ouvido falar de crumble, wax ou shatter

Cada uma delas com suas características mais marcantes de sabor, potência e forma de consumo, variam dependendo da umidade, do calor e da purga (processo de eliminação do solvente envolvido) utilizada na produção.

É importantíssimo lembrar que na produção utiliza-se o gás butano como solvente e por ser extremamente inflamável, recomenda-se EXTREMA PRECAUÇÃO se você não tiver conhecimentos em química ou alquimia. Por isso, CUIDADO sempre.

Quer conhecer um pouco mais das diversas formas de BHO?

Shatter

É a forma mais dura do BHO, parece um vidro semitransparente, normalmente detém 80% de THC (!!!), sempre na forma sólida, você precisará de um bong com nail para melhor degustar essa maravilha;

Crumble

É obtido com a purga do óleo em baixas temperaturas, normalmente a conta feita na produção é de 1 hora de processo para obtenção de 1g de BHO. Durante a fabricação o óleo se solidifica, mas como ele “esfarela” facilmente, melhor não o manusear com as mãos e sim com pinças ou espátulas especiais;

Budder

É a forma mais pura do BHO, normalmente fica com 90% de THC e pureza chega a atingir 99%, tem esse nome pois sua consistência se assemelha bastante à manteiga (butter);

Wax

É parecido com o Budder, não chega a esfarelar, mas não dá para ficar segurando nas mãos por muito tempo. É um dos tipos mais comuns de BHO, pois é simples de usar (mesmo precisando de acessórios) que o Sap ou o Shatter;

SAP

Em inglês quer dizer “seiva” e é exatamente assim que essa extração se parece, pegajosa e melequenta. Por isso, cuidado ao manusear, se derrubar um pouco e grudar em algum lugar, vai grudar para sempre;

Óleo

é o que vemos normalmente já envasados nos tanques de vape pen. Práticas e rápidas, requerem apenas um vaporizador.

  • Dr Banz - O BHO

Em países onde a legalização já ocorreu, o segmento das extrações cresce de maneira exponencial. Com regulamentação na produção, conta com instalações seguras, equipamentos apropriados e processos estabelecidos. Em países proibicionistas, como o Brasil, produzir BHO domesticamente já causou diversos acidentes envolvendo explosões pelo manuseio de gás butano, infelizmente algumas delas fatais.

Por isso, saiba que informação sempre será a melhor ferramenta para te levar a lugares, fazer coisas e aprender tarefas de maneira segura e com o máximo cuidado possível.

Mas a verdade é que se houvesse a conscientização sobre a legalização do consumo, plantio e produção de derivados da cannabis, teríamos uma “nova” indústria que poderia contribuir com impostos ao governo, geração de empregos, movimentação da economia, além de, acesso legal, redução de danos e produtos de qualidade comprovada e melhorada para os que simplesmente e livremente incorporaram a maconha em suas vidas, seja para o consumo de uso medicinal ou social.

Afinal, somos ou não livres?

BANZ-HO!

Fonte

Eco Shoulder Bag
Compre sua Eco Shoulder Bag
Dr Banz - O Ice

O Ice

Salve Ice Banzers !!! Imaginem a seguinte cena: uma quantidade de matéria vegetal congelada (flores e trimas), sacolas de filtragem de diferentes medidas, um baldão ou máquina de bater (que parece uma mini lava roupas) e gelo à vontade. Está montado o cenário para um dos mais bonitos processos de extração de c4nnabis existentes. O BUBBLE HASH, também conhecido como WATER HASH e famoso como ICE-O-LATOR… o nosso querido ICE! O ICE leva esse nome pela importância de mantermos baixas temperaturas durante todo o processo de extração. As flores e trimas congeladas, a água gelada utilizada e a grande quantidade de gelo envolvida no processo. Dá um trabalhão… mas é praticamente a melhor terapia já experimentada em nossa jornada!

Eco Shoulder Bag
Compre sua Eco Shoulder Bag

O processo

A ideia de tudo estar sempre muito gelado é a seguinte, congelar a cabeça dos tricomas, (aquelas estruturas que parecem cristais resinados e concentram cannabinóides e terpenos maravilhosos como THC, CBN, CBD e muitos outros). Isso para que ao serem agitados entre gelo e água gelada, num balde ou máquina de lavar especial, se quebrem e ao serem lavados, passem pelas sacolas de filtragem. E assim, deixam matéria vegetal para fora e filtram apenas as cabeças de tricomas. Durante o processo, essas sacolas de filtragem possuem diferentes tamanhos (as cabeças dos tricomas possuem diferentes formatos e não queremos perder nenhuma delas!), no processo podem ser utilizadas de 4 a 7 sacolas. Depende da preferência e habilidade do(a) hashmaker. A beleza do ICE é extrair o que a planta carrega de melhor. De mais potente, numa única extração, que não exige nenhum tipo de solvente químico, apenas água, gelo, filtros e muita agitação! O processo em si é lindo, une pessoas, transmite experiência, conhecimento e fortalece o espírito da cultura cannábica em sua essência. Torcemos e lutamos pelo dia em que um encontro entre amigos para “meter a mão no gelo” possa ser feito com segurança. E certamente com alegria. E claro,  com a única preocupação de de fato extrair um hash de ótima qualidade! BANZ-ice !!!

Dr Banz - O Kief

O Kief

Salve Banzers da Extração!

Conhecer mais sobre a c4nnabis é uma prazerosa tarefa e adoramos conversar sobre, aprender com quem sabe mais e sempre que possível compartilhar conhecimento. Esse ciclo virtuoso já nos trouxe muitas amizades novas e aprendizados que deixaram nossas sessions cada vez melhores!

Hoje o assunto é o KIEF, uma das formas de extração mais antigas e que envolvem métodos mais simples, sem a utilização de solventes.

Sabe aquelas fotos artísticas com super zoom que mostram pequeninos cristais que cobrem parte das folhas e em maior intensidade nas flores de maconha, dando uma impressão de “veludo”?

Esses cristais são os tricomas, na cabeça deles estão as maiores concentrações de canabinóides que são os responsáveis pelos efeitos que tanto curtimos. Quando trituramos as flores, sempre fica um pozinho (muita gente crê já ser o kief propriamente dito), que depois de peneirado (em telinhas de 20 a 120 microns) chega a um produto final forte, concentrado e maravilhoso!

Dr Banz - O Kief

 

Para quem quer começar a curtir extrações sem precisar de grandes investimentos para rosins, shatters ou crumbles, uma das formas mais simples de começar a ter o seu próprio Kief é investir naqueles dichavadores com divisões de 3 ou 4 partes.

A parte superior desses trituradores é um compartimento onde as flores são trituradas, a segunda parte armazena o resultado dessa operação, na terceira divisão há uma telinha de metal que vai peneirando tudo isso, para que no quarto compartimento você possa acumular aquele pozinho bem macio que concentra grandes quantidades de canabinóides como o CBN, THC, CBD e tantos outros, tudo vai depender da origem das flores utilizadas.

Também conhecido como Dry Sift, o Kief é uma das nossas formas de extração favoritas!

Vamos dichavando nossas maravilhas, consumindo no momento e da maneira mais apropriada e enquanto isso, vai tudo acumulando no compartimento. Sem compromisso e sem pressa, numa session você fica com vontade de um temperinho especial e resolve olhar o dichavador… Aí o coração dispara, a boca saliva, a mão quase chega a tremer!

Um lembrete: por se tratar de um concentrado, a certeza é de uma viagem diferente, mais intensa, mais forte, portanto, prudência na dose!

O Kief pode ser misturado no banza com o recheio de sua escolha. Mas também pode ir por fora, confeitando aquela obra de arte que você apertou com tanta habilidade!

E kief de prensado, rola?

É muito difícil falar da qualidade do pozinho que fica no dichavador de prensado. Importante lembrar que o prensado passa por um processo de produção muito diferente. E que tem a qualidade e pureza comprometida pela presença de sujeira ou insetos, mal armazenada e às vezes mofada. Como imaginar que a m4conha nesse estado ainda pode conter canabinóides que podem proporcionar algum tipo de concentrado?

A realidade política de nosso país não permite que todos tenham acesso a flores de qualidade, que em muitíssimos locais o “pren nosso de cada dia” é a única opção disponível para consumo.

É justamente por isso que conhecer outra realidade, pode impulsionar cada vez mais gente a buscar o conhecimento, melhorar o acesso, reduzir danos durante o consumo e ampliar a consciência sobre a importância de continuar buscando e apoiando a NORMALIZAÇÃO e LEGALIZAÇÃO da c4nnabis no Brasil!

BANZ-ai Kief !!!

Eco Shoulder Bag
Compre sua Eco Shoulder Bag

Fontes: 01 e 02 e 03

Dr Banz - O Rosin

O Rosin

Salve Extraction Banzers!

É incrivelmente interessante aprender sobre formas de consumo de m4conha que sequer imaginávamos existir. Se tudo começou com um pouco de ganja (sei lá de qual procedência ou qualidade) enrolada num pedaço de papel de seda, hoje o cardápio é muito mais amplo e variado

A sessão com o tradicional banza sempre será a raiz do nosso lifestyle, mas curtimos conhecer e aprender sobre diferentes formas de extração de m4conha.

Hoje queremos falar sobre o ROSIN, que conquista cada vez mais apreciadores por ser uma extração menos complexa e que não utiliza solventes.

Talvez você já tenha experimentado ou lido algo a respeito, mas como aquilo foi produzido talvez possa ser mais simples do que você imagina! O ROSIN é o resultado da aplicação de CALOR + PRESSÃO numa quantidade de m4conha.

Para tentar ilustrar o processo de produção do ROSIN, imagine esse passo a passo:

1) Num saco feito de um tecido técnico especial, coloca-se uma quantidade de flores de m4conha;

2) Esse pacotinho é fechado e envolvido em papel vegetal (para que não haja desperdício e nada fique grudado);

3) Utiliza-se uma prensa térmica com duas placas de metal que prensam nosso pacotinho (tipo uma chapinha de cabelo) ;

4) Essa combinação de calor + pressão extrai um óleo de altíssima potência, que contém um concentrado de terpenos e canabinóides (como o THC e CBD), que proporcionam aroma e sabor à extração.

A m4conha utilizada no processo de produção do ROSIN pode ser feita a partir de flores, hashish e kief. Falaremos deles nos próximos posts, não perca!

Para cada uma das formas de m4conha utilizada, um produto final diferente:

  • Rosin feito a partir de flores de cann4bis produz o FLOWER ROSIN;
  • Rosin feito a partir de hashish ou kief é praticamente uma “extração de outra extração” já feita anteriormente e produz o HASH ROSIN;
  • Existe ainda uma outra técnica que utiliza flores recém-colhidas de plantas ainda vivas (com tricomas e terpenos frescos) e congeladas por ao menos 24h, o resultado é o LIVE ROSIN.

E esse, meus amigos e amigas, é um mundo totalmente diferente de tudo o que você já viu quando falamos de m4conha. Portanto, caso tenha oportunidade, use com responsabilidade, moderação e principalmente mente aberta para conhecer as diferenças e saborear o momento!

Nesse delicioso assunto, somos meros alunos de diversos mestres das extrações, mas podemos orgulhosamente dizer que aprendemos constantemente com manas & manos empreendedores incríveis como @girlsingreen710 , @overgrow.shop , @thedankduchess , @resin_ranch_extraction , dentre muitos outros perfis incríveis que compartilham o bem mais valioso de nosso tempo nesse plano, CONHECIMENTO.

Eco Shoulder Bag
Compre sua Eco Shoulder Bag

BANZ-ai!!!

Fontes: 01 e 02

Dr Banz - Ganja x Bolor

Ganja x Bolor

Salve Banzers !!!

E quando você está com a luzinha da reserva acesa, nas finalera, modo economia ON e acha aquela cotinha salvadora da pátria, mas quando abre o pacotinho…PÁ !!!

Embolorada.

E agora, manos e manas?

Quem nunca passou por isso, pode crer que um dia vai passar, mas e aí, o que precisamos saber?

O bolor nada mais é do que uma infestação por fungos filamentosos (que não formam cogumelos), um problema comum porque surge em ambientes úmidos e escuros pela propagação de esporos que podem chegar por infinitos caminhos.

Infelizmente, bolor não é uma coisa boa para se inalar, não importa o quão na seca você esteja. Beleza, galera?

Inalar matéria embolorada pode representar sérios riscos aos pulmões, aumentando as chances de tosse, correndo risco de desenvolver uma infecção pulmonar.

Se você é alérgico a bolor e mofo, o resultado de um banza embolorado é congestão nasal, espirros e inflamação pulmonar.

Às vezes, identificar bolor na ganja não é tão simples como em alimentos, por exemplo.

Normalmente aparece em tons de cinza ou uma cobertura esbranquiçada, que alguns podem confundir com tricomas, mas olhando de perto pode-se perceber quase uma penugem, meio aveludado às vezes.

Para tirar a dúvida, melhor dar uma cheirada, porque o bolor tem um cheiro desagradável característico, totalmente distinto do perfume da m4conha.

Se esse for o diagnóstico, na boa?
Dispensa para evitar problemas de saúde.

Falamos tanto de redução de danos, da importância em resfriar a fumaça, de partir para outros métodos de consumo como a vaporização por exemplo… seria contraditório demais fazer tudo isso e depois mandar uma mofonha.

Saúde sempre! : )

Agora, no intuito de somar, conta para gente, qual a melhor forma de armazenar sua ganja para não ter problemas como esse?

BANZ-ai!

Eco Shoulder Bag
Compre sua Eco Shoulder Bag

Fonte

Dr Banz - É só uma planta

É só uma planta!

Salve Banzers que sabem que é só uma planta!!!

A missão do Doctor Banz certamente é contribuir para a normalização e legalização da maconha no Brasil. Trazendo informação, tecnologia e principalmente a valorização do lifestyle cannábico!

Em nosso terceiro ano de jornada, finalmente tivemos a oportunidade de fazer um projeto com duas referências importantíssimas de nossa história: Gilberto Castro e Mestre Zanon!

Eles são parte da FORÇA & RESISTÊNCIA do ativismo cannábico brasileiro! Um através dos anos de resiliência e luta pelo direito de acessar dignamente um tratamento comprovadamente eficaz para sua condição de saúde. E o outro expressando através da arte os seus posicionamentos, manifestos e gritos por liberdade que inspiram e dão voz a muitos outros artistas.

Conhecemos ambos no comecinho de nossa história, em momentos diferentes. Zanon no RJ e Gil em SP, quando tudo era novíssimo para nós, quando no começo só existia semente germinada, substrato e água!

Gilberto Castro é paciente de esclerose múltipla (doença degenerativa e irreversível). Para continuar seu tratamento com dignidade e qualidade de vida, faz uso medicinal da maconha. Foi um dos pioneiros a conquistar um habeas corpus para cultivar seu próprio medicamento em casa. E exerce seu ativismo de maneira muito positiva, levando informações e experiências que ajudam a desmistificar o preconceito em relação ao uso medicinal da cannabis.

Antonio Zanon é uma das maiores referências no ativismo cannábico brasileiro. Não só por sua postura política e visão de mundo, mas principalmente por sua ARTE, que fala alto e posiciona de maneira eficaz contra muitas verdades incompletas e mentiras cheias contadas pelos proibicionistas e negacionistas de plantão.

Com sorriso fácil, papo rico e postura forte, ambos nos presentearam com sua amizade e nos permitiram acessá-los e continuar aprendendo sobre diversos aspectos que impactam a história da maconha no Brasil e no mundo.

Com tantas referências pesadas nessa collab, resolvemos abrir a caixa de ferramentas e não economizar em criatividade e inovação para normalizar ainda mais a pauta cannábica através da moda!

O resultado desse trabalho feito a muitas mãos, é uma camiseta em algodão estonado (super confortável), estampada em serigrafia com tinta base água (não prejudicial ao meio ambiente). Para dar vida e brilho à arte do Mestre Zanon, fortalecendo um pensamento do Gil que esvazia o racional proibicionista: Maconha? É só uma planta!

Para que a inovação e o conhecimento estejam sempre presentes nessa camiseta, ela vem acompanhada de uma tag com sementes de tomate. E que você pode picotar e plantar, para já meter a mão na terra e praticar!

Além da super diferente tag-semente, adicionamos um QR-Code estampado na própria camiseta. Ele vai te levar a um vídeo com uma entrevista do Gilberto falando sobre sua história, como convive com a doença e como a maconha contribui enormemente para sua vida.

É isso mesmo! Uma camiseta interativa!

Juntamos tecnologia e inovação com um depoimento de vida. Enriquecido pelo traço preciso e poderoso da arte, para que você possa circular pelas ruas do mundo normalizando a maconha através da moda, com uma camiseta muito especial feita com amizade, dedicação, carinho e muita session virtual para uma colab que enche todos nós de muito orgulho!

Um beijo super especial para a maravilhosa Drika Coelho que tornou tudo isso possível, sendo a sabedoria da energia feminina que juntou todas as peças desse maravilhoso projeto cannábico.

Afinal de contas, É SÓ UMA PLANTA!

Chega mais e confere a camiseta aqui!

BANZ-ai!

Eco Shoulder Bag
Eco Shoulder Bag
Dr Banz - Estudo comprova eficácia da cannabis em colite ulcerativa

Estudo comprova eficácia da cannabis em colite ulcerativa

Salve Banzers!

Mais notícias positivas na qualidade de vida que a cannabis pode proporcionar a muitas pessoas!

Um novo estudo israelense mostrou que 90% dos pacientes apresentaram redução dos sintomas da COLITE ULCERATIVA, principalmente a dor abdominal, após o consumo de cannabis.

Quem sofre de colite ulcerativa, sofre de uma doença inflamatória intestinal severa, crônica e não contagiosa, que se assemelha à Doença de Chron. Os principais sintomas são dores severas na região do abdômen, diarreia, hemorragias, cólica e febre.

Isso acaba privando as pessoas de uma vida social e profissional normal. Além dos inúmeros impactos na saúde intestinal do organismo, não frequentam lugares que não dão acesso a um banheiro facilmente. Isso por que o desconforto estomacal vem intenso e sem muito aviso.

De acordo com o estudo, medicações convencionais são eficazes para 50~60% dos pacientes, enquanto os pacientes participantes apresentaram melhora significativa:

  • 62% viram melhoras na atividade intestinal;
  • 54% viram diminuição da severidade de sua doença;
  • 27% viram melhora em sua qualidade de vida.

A pesquisa foi conduzida pela empresa israelense Tikun Olan, e obteve os melhores resultados com sua strain – Erez – pesquisada e patenteada para uso medicinal.

Segundo Lihi Bar-LevSchleider, chefe de Pesquisa & Desenvolvimento da Tikun Olan, “Erez, tem pontos fortes específicos, promovendo sintomas específicos como, melhora do apetite e redução de dor e náusea, foi como uma combinação perfeita aos pacientes de colite ulcerativa”.

Dos 34 pacientes participantes, 50% ainda relataram “melhora significativa nos resultados de seus exames endoscópicos de acordo com o tempo”, o que são ótimas notícias, pois um estudo de 2018 já listava a o tratamento com óleo de cannabis para melhora de sintomas da doença de Chron.

Em países onde a conscientização sobre o rico papel da cannabis e seu uso medicinal na vida das pessoas pode ser conduzido, começam a atender a necessidade de doenças específicas com strains ainda mais específicas para o uso legalizado, consciente e com resultados muito animadores!

Conhecer para multiplicar e fortalecer sempre que possível, amigos, familiares e pessoas que independente de sua origem procuram entender o importante papel medicinal que a maconha é impedida de proporcionar ao povo brasileiro.

BANZ-ai!

Fontes: 0102 e 03

Eco Shoulder Bag
Eco Shoulder Bag
Dr Banz - Problemas para dormir? Muito prazer, CBN!

Problemas para dormir? Muito prazer, CBN!

Salve Banzers!

Se você é uma abençoada ou um abençoado que não sofre desse mal, provavelmente conhece alguém que tem dificuldades para dormir.

Sejam elas pessoas que se deitam e não conseguem dormir, ou aquelas que deitam, conseguem dormir, mas ficam naquele dorme-acorda-dorme-acorda… Em nenhum dos dois cenários a pessoa consegue ter um sono reparador, que promova o descanso ao corpo e reposição das energias.

Dentre as centenas de canabinóides existentes na maconha, o CANABINOL (CBN) não é tão famoso e nem está presente em grandes quantidades como seus irmãos THC e CBD. Mas tem papel determinante para ajudar quem sofre de algum tipo de distúrbio do sono!

O CBN é um dos canabinóides que atualmente conta com o maior número de estudos que avaliam potencial para indução do sono. Segundo pesquisas, o CBN promove relaxamento ao corpo, sem impacto negativo nas atividades diárias do dia, normalmente sentidas no uso de medicamentos sintéticos para dormir.

Além disso, o CBN já demonstrou benefícios no tratamento de pessoas que sofrem com psoríase, glaucoma, infecção bacteriana, dor… E quando o assunto é sono, o Canabinol demonstra seus melhores resultados!

Alguns estudos sugerem que o CBN só tem propriedades indutoras do sono quando associado na presença de THC, por isso, mais pesquisas e estudos são necessários para a validação dessas propriedades. Mas os resultados apresentados até o momento geram entusiasmo!

Muita pesquisa ainda será conduzida para descobrirmos e validarmos inúmeras outras propriedades da cannabis, por isso o estudo nunca para, pois para sermos entendidos de maneira mais séria, precisamos conhecer e nos atualizar sempre sobre nossa causa.

Imagina se a cannabis, através do CBN, ajuda aquele seu familiar resistente (cabeça dura mesmo) a ter um sono de qualidade e reparador?

Mais uma voz para falar a favor da cannabis!

E para cannabis, cada voz importa!

BANZ-ai!

Eco Shoulder Bag
Eco Shoulder Bag

Fontes: 01 e 02

X
Add to cart