Dr Banz - Cannabis Programa Bem Estar

Reafirmando nosso Propósito

Salve Banzers!
Tudo Banz?
Banz!

Hoje foi um dia de emoções bem conflitantes para a galera do Doctor Banz. Ficamos muito empolgados e surpresos ao ver o tema “Cannabis Medicinal” sendo debatido no programa “Bem Estar” na Rede Globo, com matérias sobre a utilização do óleo de CBD em crianças que sofrem de epilepsia e tiveram suas crises controladas ou amenizadas desde então.

Também foi mostrado o lindo trabalho da ABRACE (Associação Brasileira de Apoio Cannabis Esperança), que lá em João Pessoa e Campina Grande, na Paraíba, produzem óleo de Canabidiol (autorizados pela justiça), para pacientes que tenham permissão judicial e prescrição médica para tratamento com o óleo de CBD. Vimos também a matéria de uma mãe de São Paulo que utiliza o óleo de cannabis para amenizar os efeitos das sessões de quimioterapia com ótimos resultados. Podendo dessa forma, retomar sua vida e convívio familiar.

Certamente, aumentamos nossa admiração ao neurocientista Professor Dr Sidarta Ribeiro que de maneira muito centrada e com conhecimento de causa, falou sobre os riscos e benefícios do uso da cannabis medicinal.

Dr Banz - Cannabis Programa Bem Estar
Dr Banz – Cannabis Programa Bem Estar
O desserviço

Até que inesperadamente, de maneira muito dura, fria e direta, vimos o psiquiatra Professor Dr Artur Guerra de Andrade, atacar o uso da cannabis medicinal, com argumentos que se embasavam na falta de estudos científicos e comprovações técnicas para justificar o uso da cannabis como opção terapêutica. Mas para argumentar contra, o médico conhecia detalhes de estudos que comprovavam todos os aspectos negativos do uso da planta.

Afinal de contas, existem ou não estudos científicos sobre a cannabis medicinal? Se existem, será que abordam apenas o aspecto negativo ou existem resultados positivos a serem divulgados?

Até aí entendemos a proposta do programa de TV em trazer duas opiniões conflitantes para enriquecer o debate. Até chegar no momento em que o médico constatou um “fato”:

“Quem tem tendência a transtorno mental, quando fuma maconha, BUM! EXPLODE! O THC é um gatilho, pode não ser a causa direta, mas facilita o surto. A pessoa fica louca, psicótica”.

O propósito do Dr Banz

E nessa hora, nós do Dr Banz, tivemos a plena convicção que continuaremos a falar da cultura cannábica. De sua arte, da música, da moda, mas principalmente das vidas que são beneficiadas com o uso medicinal da cannabis. Todos têm direito em expressar suas opiniões e nós definitivamente seguiremos com a nossa!

Com muita energia, positividade, frequência e sequência, sem desrespeitar ou agredir ninguém, lutando pela normalização do uso medicinal e social da cannabis.

Banzai!

Shoulder Bag de Cânhamo do Dr. Banz

Os benefícios do Cânhamo

Você conhece todos os benefícios do Cânhamo?

Hello BanzersSempre que discutimos os motivos por trás da legalização da maconha, falamos sobre os benefícios medicinais, sobre o consumo social/ recreativo mais seguro que o álcool, assim como medicinalmente é uma ótima alternativa aos opióides (drogas analgésicas muito potentes).

Falamos como o óleo de Canabidiol (CBD) pode ajudar a reduzir o número de crises de pacientes que sofrem de epilepsia, ajudar pessoas que passaram por algum trauma extremo a terem seus sintomas amenizados e como auxiliar no tratamento de câncer e dor crônica.

A legalização da maconha terá um impacto considerável na vida de muitas pessoas, sejam os que dependem dela medicinalmente e de outros tantos muitos (milhões!) que a consomem socialmente, mas um fator que jamais pode ser esquecido é o impacto a ser observado no meio ambiente.

Nos Estados Unidos, quando uma plantação ilegal é encontrada, ela não é simplesmente arrancada da terra ou queimada pelas forças policiais, após o processo de extermínio das plantas, para garantir que não haverá a mínima chance daquele terreno ser reaproveitado, pulverizam herbicidas extremamente potentes para desencorajar os cultivadores.

Esses herbicidas acabam penetrando e contaminando não apenas o solo, mas também lençóis de água que podem ser levados a rios e lagos.

O cultivo da cannabis legalmente poderia abrir portas para a produção de cânhamo, um dos plantios mais versáteis dessa terra do bom Jah!

Sabemos que o cânhamo pode originar alguns produtos como tecido, medicamentos e até combustível, mas você sabia que ele vai muito além disso? Pão, cereais, manteiga e proteína para consumo podem vir da casca da semente de cânhamo. Do óleo da semente pode-se produzir lubrificantes, tintas e cosméticos. A fibra dos galhos e troncos fornece produtos para vestuário (roupas, sapatos, inclusive a shoulder bag do Doctor Banz!), materiais de construção, papel, biocombustível, compostos plásticos e muito mais.

Apesar da maconha e o cânhamo serem variedades distintas da mesma planta cannabis sativa, o cânhamo não possui efeitos psicoativos, é geneticamente diferente da maconha e suas técnicas de cultivo também são bem particulares.

O impacto na vida das pessoas é o principal argumento dos ativistas e consumidores da cannabis quanto a sua legalização, mas não podemos deixar de considerar e conhecer o aspecto ambiental que a indústria do cânhamo poderia ter em nossas vidas.

Produtos a base de cânhamo
Produtos a base de cânhamo
Cânhamo - Calçados
Cânhamo – Calçados
Cânhamo - Alimentos
Cânhamo – Alimentos
Cânhamo - Cordas
Cânhamo – Cordas
Add to cart