Comunicação Cannábica

Comunicação Cannábica

Salve! Tudo Banz por aí?
Você que ainda não sabe qual carreira investir, qual faculdade cursar e está em dúvida entre cursos “quase” parecidos como Engenharia, Comunicação ou Turismo? Então, que tal dar um pause, respirar fundo e ver o que acontece pela terra do bom Jah?

O Departamento de Comunicação e Jornalismo da Universidade do Novo México, nos Estados Unidos, surpreendentemente, oferecerá nesse primeiro semestre de 2019 a disciplina Comunicação Cannábica.

Os alunos terão a oportunidade de aprender de fato, sobre a comunicação de questões médicas e saúde que envolvem a cannabis. Com foco principalmente nos seguintes tópicos:

· A relação interpessoal das pessoas com a cannabis;
· Comunicação política;
· Jornalismo cannábico;
· Mídias de entretenimento.

O coordenador do curso na universidade, Professor Tamar Ginossar, disse: “Examinaremos elementos de comunicação intercultural. Cobrindo as notícias sobre a maconha na mídia tradicional, digital e redes sociais. A matéria é aberta para alunos de outras áreas, o assunto é relevante demais e a universidade quer expandir a visão dos profissionais do futuro”.

A Universidade do Novo México oferece 120 vagas, as aulas serão ministradas duas vezes por semana. E elas dão créditos válidos a todos os cursos da instituição.

Enfim, estudar maneiras de comunicar melhor o universo cannábico é um grande passo para que mais pessoas tenham acesso à informação!

Partiu estudar?
Banzai University of New Mexico !

Fonte

Shoulder Bag de Cânhamo do Dr. Banz

Cannabis como opção no tratamento da esquizofrenia

Esquizofrenia. Cannabis como opção no tratamento

Salve, Banzers !!!

Hoje falaremos de mais uma ação terapêutica do CBD, que se mostrou efetivo no auxílio do tratamento da esquizofrenia.

Você sabe o que é esquizofrenia?

É um distúrbio mental crônico e severo que afeta o modo da pessoa sentir, pensar e se comportar. Pessoas que sofrem de esquizofrenia podem se sentir como se houvessem perdido a noção da realidade. Um estudo clínico realizado na Universidade do Novo México, nos Estados Unidos mostrou que a cannabis pode ser efetiva como opção no tratamento da esquizofrenia.

“Novas pesquisas mostram que a cannabis pode ser administrada como tratamento desse distúrbio mental com uma perspectiva que foca nas causas ambientais, autoimunes e neuro inflamatórias da doença”, disse o Professor Jegason Diviant, autor do estudo.

Portanto, o CBD demonstrou afetar positivamente os sintomas psicóticos quando comparados aos efeitos das medicações anti psicóticas do mesmo paciente. E oferece assim a oportunidade de um novo começo e esperança para pessoas que sofrem dessa doença tão debilitante. E ao mesmo tempo incompreendida!

Banzai!

Shoulder Bag de Cânhamo do Dr. Banz

X
Add to cart